Benefícios do Sushi para a saúde

Prato típico da culinária japonesa, o sushi surgiu há cerca de 200 anos, quando inicialmente era vendido com molho de vinagre, açúcar e sal, combinado com algum tipo de peixe ou fruto do mar, vegetais ou ovo.

Benefícios do Sushi para a saúde

Leve, nutritivo e de fácil digestão, uma das vantagens do sushi é combinar todos os grupos de alimentos necessários em uma boa alimentação: proteína, carboidratos, gorduras saudáveis e vitaminas.

A cultura oriental tem um jeito diferente de desfrutar a vida, e isso reflete também na alimentação e nutrição, tanto que os japoneses se encontram entre os povos com maior expectativa de vida do mundo.

Saudável e saboroso, os benefícios nutricionais do sushi vão além do seu baixo conteúdo em gorduras e qualidade das proteínas vindas do peixe. O sushi possui alto teor de ômega 3, ácido graxo oriundo de peixes de águas frias, como o salmão e o atum, que ajuda a proteger o sistema cardiovascular baixando o nível de colesterol ruim, o LDL, e de triglicerídeos total e aumentando o bom colesterol, o HDL.

A presença de antioxidantes como a vitamina E, que combate os radicais livres, moléculas reativas que podem causar danos ao organismo e a Vitamina C que melhora o sistema imunológico são só mais alguns benefícios do sushi e sashimi.

Propriedades do sushi

Alguns dos benefícios do sushi para a saúde incluem a sua propriedade protetora do sistema cardiovascular, que regula a pressão arterial e diminui os níveis de colesterol ruim. Seu consumo melhora a saúde do sistema gastrointestinal, do sistema imunológico, melhora o equilíbrio hormonal, previne certos tipos de câncer e ajuda no bem-estar geral de todo o organismo.

Há uma variedade de sushis e seus elementos mais comuns são os peixes crus, como salmão e atum, vegetais, arroz, alga, shoyu, gengibre e raiz forte. Todos esses são elementos aliados da saúde quando consumidos com moderação.

O arroz com o sushi é preparado é ligeiramente avinagrado. O vinagre, além de dar um sabor especial, estimula e facilita o processo digestivo, aumenta o metabolismo celular e diminui o risco de hipertensão. O arroz é fonte de carboidratos que dá energia ao organismo, mas como possui açúcar, pode ser prejudicial se consumido em excesso.

A alga com que o sushi é enrolado é a alga nori prensada e seca. As algas são muito nutritivas. São ricas em vitaminas A, B1, B2, B6, niacina e vitamina C, que ajudam em muitas funções do organismo. Inclusive, o consumo da alga é indicado para casos de carência em vitaminas, quando cabelos e unhas estão fracos. É rica também em iodo, mineral fundamental para a síntese dos hormônios tireoidianos.

Os peixes crus consumidos no sushi e sashimi mantêm todos seus nutrientes e todo o ômega 3, gordura boa e benéfica para a saúde. Os peixes gordos e de água fria, como a sardinha, o salmão e o atum, são ricos em ômega 3, que auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares, já que diminui o colesterol ruim e, consequentemente, diminui o acumulo de colesterol nas artérias.

O sushi vem acompanhado de gengibre cortado em fatias finas. O gengibre tem ação anti-inflamatória e antioxidante, fortalece o sistema imunológico e facilita a digestão. É tradição acompanhar o sushi uma pasta de raiz forte, o chamado wasabi. Esta pasta estimula a secreção de saliva e ajuda a digestão. Tem também ação antibacteriana e antisséptica.

O molho shoyu em que comumente mergulhamos o sushi é que se deve consumir com cautela. Apesar de conter alguns minerais, ele é rico em sódio e, em excesso, pode ser prejudicial, aumentar a pressão e o acumulo de líquidos no organismo.

Sushi benefícios e malefícios

  • Benéfico para o sistema cardiovascular: o sushi é benéfico para o coração e todo o sistema vascular, pois em sua composição são utilizados peixes gordos, como o salmão e o atum, que contêm boas quantidades de ômega, que atua no organismo, auxiliando na diminuição do chamado colesterol ruim e aumentando o bom colesterol, diminuindo o acumulo de colesterol na parede dos vasos e previnindo uma série de doenças cardiovasculares como aterosclerose, ataques cardíacos e derrames. Como o peixe é consumido cru, todo o ômega 3 é mantido.
  • Benéfico para a regulação hormonal: um dos efeitos do sushi é o equilíbrio e regulação hormonal. A alga com que o sushi é envolto é rica em iodo. Esse mineral é essencial para a regulação e controle do nosso sistema endócrino, em especial da glândula e hormônios tireoidianos. Com níveis adequados de iodo, nosso organismo melhora suas atividades metabólicas e garante um equilíbrio hormonal que melhora nossa saúde e qualidade de vida.
  • Benéfico para melhorar o funcionamento do organismo: as proteínas de alta qualidade encontradas nos peixes do sushi possuem poucas calorias e gorduras ruins, e alta concentração de proteínas e gorduras boas que auxiliam nosso organismo a funcionar corretamente, regenerar células, ganhar massa muscular e metabolizar a energia de forma eficiente, mantendo nosso corpo forte e saudável.
  • Auxilia na prevenção do câncer: o ômega 3 e antioxidantes presentes nos componentes do sushi combatem os radicais livres que podem danificar o DNA e provocar alguns tipos de câncer.
  • Benéfico para o sistema digestivo: quanto à digestão, o sushi possui componentes e propriedades que auxiliam o sistema digestivo. O vinagre presente no arroz com que é feito o sushi é um deles. Além de ajudar na digestão, possui propriedades antibacterianas. Outro componente que auxilia a digestão é o gengibre e o wasabi, raiz forte que aumenta a salivação.
  • Benéfico para o sistema imunológico: as vitaminas presentes especialmente na alga que envolve o sushi aumentam a imunidade e protegem o corpo contra infecções.

Apesar de todos os benefícios listados anteriormente, podemos encontrar alguns riscos e malefícios do sushi. Como se utiliza de peixes crus e frutos do mar, os riscos de reação alérgica não podem ser descartados, visto que essa é uma das alergias alimentares mais comuns. Outra preocupação é o consumo de peixe cru, que quando não vindo de boa procedência nem manuseado corretamente, pode fazer mal à saúde. Os peixes não estão livres de contaminações e infeções por parasitas ou bactérias, por isso, deve-se prestar atenção para onde irá consumir esse alimento e se o estabelecimento segue normas de higiene.

O sushi faz mal à saúde quando consumido em excesso, já que pode esconder calorias e alto teor de sódio que, quando em grandes quantidades, aumenta a pressão arterial e o acúmulo de líquidos. Por isso, apesar de ser um alimento considerado saudável e benéfico, devemos estar atentos às quantidades e condimentos como o shoyu para não exagerar.