Benefícios da Aroeira para a saúde

Embora muita gente não tenha vastos conhecimentos sobre a sua existência, a aroeira é uma planta com poderes medicinais que, há muito tempo, é utilizada como um eficiente remédio natural para o tratamento de diversas desordens que podem acometer a nossa saúde.

Onde a aroeira se originou?

A aroeira, cujo nome científico é Schinus terebinthifolia é uma planta muito antiga, que foi vista pela primeira vez na região dos Andes. Aqui no Brasil, em algumas regiões mais frias, como no Paraná, Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, a planta é comumente encontrada.

O nome mais comum para essa planta é aroeira, porém, em alguns lugares, ela pode ser conhecida pelas seguintes denominações:

  • Araguaraíba
  • Anacauita
  • Aroeira da Praia
  • Pimenteiro
  • Fruto de sabiá

Além disso, a aroeira pode ser classificada de acordo com os tipos e variedades encontrados. Entre eles estão a aroeira preta, aroeira vermelha e a aroeira da serra.

Quais são as propriedades que a aroeira oferece?

Embora pareça uma planta simples, a aroeira possui inúmeras propriedades que auxiliam, tanto na prevenção, como também no tratamento de doenças e infecções que podem atingir o corpo humano.

Entre os diversos pontos positivos que podemos citar sobre essa planta estão a sua ação antiinflamatória, adstringente, diurética, tônica, cicatrizante e antibacteriana. Sendo assim, já dá para ter uma noção de como ela pode beneficiar a sua saúde.

Confira como a aroeira pode trazer benefícios para a sua saúde

Realmente existem muitos benefícios que podem ser obtidos através do consumo da aroeira, como em forma de chá, por exemplo. Quer saber o que essa planta pode fazer por você? Então confira a seguir:

  1. Diminui o risco do desenvolvimento de doenças degenerativas graves

Um dos principais fatores que aumentam e muito o índice de desenvolvimento de doenças degenerativas é a presença dos chamados radicais livres. Devido aos flavonoides presentes nessa planta, a aroeira possui um papel antioxidante que ajuda a prevenir de forma efetiva a chance de desenvolver essas doenças graves.

  • Ajuda no tratamento de infecções

Um dos usos mais conhecidos da aroeira é justamente no combate de infecções causadas por vírus, bactérias ou fungos. A sua utilização já se tornou muito comum para o tratamento de patologias como, a infecção urinária e doenças sexualmente transmissíveis.

  • Auxilia no tratamento de doenças relacionadas ao sistema respiratório

O óleo essencial extraído da planta pode ser um poderoso aliado no tratamento de distúrbios respiratórios ocasionados por agentes alérgicos, poluição e produtos químicos. A aroeira se mostra eficaz não só no alívio dos sintomas ocasionados, mas também no tratamento da doença em si.

  • Ajuda a acelerar o processo de cicatrização

Devido ao seu poder anticéptico, a aroeira pode ajudar a evitar quadros infecciosos em feridas abertas, auxiliando, de forma efetiva, em um processo de cicatrização mais rápido.

  • Potente ação diurética

Sendo bem famosa também por sua ação diurética, a aroeira pode ajudar quem tem problemas com retenção de líquidos, ajudando a eliminar o excesso corporal, reduzindo a sensação de inchaço.

  • Poderoso aliado contra os efeitos precoces do envelhecimento

Assim como é o caso das doenças degenerativas, os radicais livres têm um efeito negativo importante durante o processo de envelhecimento. A aroeira, por sua vez, pode ajudar na sua eliminação, melhorando o aspecto da pele e diminuindo a ocorrência das indesejadas linhas de expressão.

Para que serve a aroeira

Além de suas folhas, que são amplamente utilizadas na confecção de chás, outras partes da aroeira também podem ser aproveitadas. Seu uso não se limita apenas a fins medicinais, podendo ser usada de outras formas.

Pode ser utilizado na confecção de inseticidas e no tratamento de peças de couro. Devido ao seu aroma agradável, a planta pode ser usada também na produção de perfumes e essências apreciados em todo o mundo.

Além disso, as flores da aroeira são polinizadas, dando origem a um mel muito utilizado. Outros tipos de alimentos, óleos essenciais e fitoterápicos podem ser produzidos usando a aroeira como matéria-prima.

Já a madeira do tronco pode ser usada de diversas formas, sendo colhida para ser utilizada como lenha, apoio para videiras, parreiras, e ainda pode ser utilizada no ramo da construção civil.

O uso da aroeira na culinária

A aroeira também é conhecida como pimenta rosa, sendo apreciada em vários locais do Brasil e do mundo. É usada na confecção de condimentos, enlatados e na preparação de alguns grãos.

Na verdade, a parte da planta que é utilizada na culinária é a sua semente cujo sabor levemente apimentado traz um toque todo especial para diversos alimentos, fazendo com que ela se torne cada vez mais famosa na preparação de diversos pratos.

Existe algum efeito colateral decorrente do uso da aroeira?

Embora seja um produto natural, devemos alertar o perigo de seu uso indiscriminado, uma vez que não há estudos aprofundados sobre os problemas que o seu consumo em excesso pode trazer. Sendo assim, antes de qualquer coisa, indicamos que consulte um médico de sua confiança para que te indique o tratamento mais adequado para o seu caso.

Quais são as contra indicações para o uso da aroeira?

Os principais cuidados em relação ao uso da planta para fins culinários ou medicinais se referem principalmente à quantidade consumida. Existem registros de efeito laxativo em casos onde o volume consumido é muito grande.

Sendo assim, pessoas com problemas relacionados ao sistema gastrointestinal ou quadros de diarréia devem evitar o seu consumo. Indivíduos com problemas alérgicos também têm o seu uso advertido.

Você já conhecia a aroeira? Sabia que ela podia ser usada em tantas situações como as que trouxemos aqui neste artigo? Embora seja uma planta regional, já é possível encontrá-la sendo comercializada em inúmeras cidades do país.

Quer se beneficiar tanto do sabor, como dos inúmeros benefícios que ela traz para a saúde? Então não perca tempo e comece já o seu consumo regular.