Benefícios do Queijo para a saúde

O queijo é um alimento feito a partir do leite de animais como vacas, ovelhas e cabras, sendo produzido por meio de sua coagulação.

A produção de queijo está em prática há mais de 8.000 anos por diversas culturas ao redor do mundo. Ao longo da história, muitos animais foram valorizados por seu leite, incluindo camelos, bisões, cabras e iaques.

Benefícios do Queijo para a saúde

Hoje, a maior parte da produção de queijo vem do leite de vaca, aumentando em 50% nos últimos 40 anos. Mas, embora a porcentagem do consumo de leite em forma líquida tenha diminuído, sua popularidade tem aumentado bastante.

No entanto, nem todos os queijos são feitos da mesma forma. Muitos dispõem de uma má reputação, pois vira e mexe ouvimos falar de como é prejudicial à saúde, contribuindo negativamente para a cintura e aumentando alguns números na balança.

Contudo, todos os queijos devem ser comidos com regularidade, muitos são ótimos complementos para a lista de compras, como o queijo suíço, queijo feta, mussarela parcialmente desnatada, parmesão e queijo cottage. Estas são ótimas fontes de vitaminas e minerais essenciais que podem ajudar a evitar problemas de saúde comuns.

Propriedades do queijo

Os principais benefícios do queijo para a saúde incluem o alívio da hipertensão e osteoporose, ajudam na manutenção óssea, no ganho de peso e no auxílio odontológico.

Propriedades do queijo

Durante séculos, o queijo fez parte da vida cotidiana de países da Europa e da América e quase todos os que têm um clima frio, exceto alguns do subcontinente indiano e da região do Oriente Médio.

Dito isto, a Índia e alguns de seus países vizinhos têm usado uma forma ligeiramente diferente de queijo, que é comumente conhecida como “queijo cottage” ou “paneer” há gerações.

Quanto aos nutrientes do queijo, ele possui as vitaminas, tais como vitamina C, vitamina B6, vitamina B12, vitamina A, vitamina D, vitamina E e vitamina K. Outras vitaminas como tiamina, riboflavina e niacina também são encontradas em diferentes tipos de queijo. Adicioná-lo à sua dieta também fornece certos minerais vitais, como cálcio, sódio, zinco, fósforo, potássio e ferro ao corpo humano.

Informação nutricional dos queijos

Queijo / 100 gramas

Água – 36,75 gramas Cálcio – 710 miligramas
Energia – 403 kcal Ferro – 0,14 miligramas
Proteína – 22,87 gramas Magnésio – 27 miligramas
Lípido – 33,31 gramas Fósforo – 455 miligramas
Carboidratos – 3,37 gramas Potássio – 76 miligramas
Fibra alimentar – 0,0 gramas Sódio – 653 miligramas
Açúcares – 0,48 gramas  

Benefícios do queijo

Aqui estão alguns dos principais benefícios do queijo. Descubra o que torna o queijo tão bom complemento para a sua saúde.

  • Ajuda na prevenção de cáries – É uma fonte muito rica de cálcio, que é o fator mais importante para dentes fortes. O queijo tem um teor mais baixo de lactose, que prejudica os dentes. Comer queijo como Blue, Monterey Jack, Brie, Cheddar e Gouda após uma refeição ou como lanche evita a cárie dentária. Este é o principal dos benefícios de saúde do queijo.
  • Auxilia na prevenção do câncer – Um dos benefícios menos falados à saúde é que ele pode ajudar a prevenir o câncer. O queijo contém ácido linoleico e esfingolipídios conjugados que desempenham uma função muito importante na prevenção do câncer. Ele também contém vitamina B, que mantém as funções do corpo e protege contra doenças.
  • Previne a osteoporose – A osteoporose é causada devido ao déficit de cálcio. O queijo é a melhor maneira natural de melhorar a saúde óssea e prevenir a osteoporose. O queijo contém proteínas, cálcio e uma alta ingestão de vitaminas e minerais que podem tratar a osteoporose.
  • Ajuda com a pressão alta – Sódio e colesterol podem causar pressão alta. O queijo dispõe de sódio dependente da quantidade de sal misturada no leite. Queijo com baixo teor de sódio também está disponível para reduzir doenças cardíacas. A vitamina B no queijo é considerada útil na redução da pressão alta.
  • Mantem uma boa gravidez – O queijo é útil para uma gravidez suave. O teor de cálcio no queijo é muito bom para mulheres grávidas. Isso ajuda a estimular as contrações durante o parto. Isso também é útil quando se trata de produção adequada de leite para alimentar o bebê.
  • Reduz a enxaqueca – O queijo pode ser útil para curar dores de cabeça, como a enxaqueca. A ingestão de cálcio reduz este problema. O queijo também é a melhor fonte de cálcio.
  • Auxilia no estimulo do sono – O queijo é considerado benéfico para estimular o sono. Isso cura insônia. O queijo inclui o triptofano, um aminoácido que reduz o estresse e ajuda a induzir o sono.

Malefícios do queijo

Um indivíduo com intolerância a lactose não tem a enzima precisa para digerir e decompor o açúcar contido no leite. Dessa forma, ingerir leite e produtos lácteos pode terminar em inchaço, flatulência ou diarreia.

A alergia ocorre devido a uma reação imunológica anormal a certos gatilhos, como a proteína do leite, seja caseína ou soro de leite. O sistema imunológico do corpo produz um anticorpo alérgico, chamado imunoglobulina E, quando exposto ao gatilho.

Como sintomas de alergia, podem ocorrer gotas pós-nasal, diarreia, chiados no peito e vômito. Em situações mais difíceis, um indivíduo pode apresentar asma, sangramento, eczema, pneumonia e choque ou anafilaxia. Isso pode ser sério e até com risco de vida.

A sensibilidade à caseína, uma proteína encontrada no leite, pode desencadear inflamações por todo o corpo, produzindo sintomas como congestão sinusal, crises de acne, erupção cutânea e enxaqueca.

Tipos de queijo

Diferentes tipos de queijo estão disponíveis em mercados pelo mundo. Algumas variedades, como queijo fresco sem conservantes, devem ser utilizadas alguns dias após a compra, pois estragam facilmente. Armazene-a em locais frescos ou na geladeira.

Antes de comer ou usar queijo, mantenha-o em temperatura ambiente para obter melhor sabor e textura.

Assim, existem diversas variedades de queijo, distintos de sabor suave a maduro, e composição de baixo a alto teor de gordura.

  • Queijos frescos são os que não foram envelhecidos ou amadurecidos. Eles geralmente têm um maior teor de umidade, textura mais macia e sabor mais suave que os queijos envelhecidos. Exemplos incluem ricota, creme de queijo, queijo cottage e mascarpone.
  • Os queijos envelhecidos ou maduros têm uma textura mais firme e tendem a envelhecer por 6 meses ou mais. Quanto mais longo o processo de envelhecimento, mais concentrado ou acentuado o sabor. Suíço, parmesão, cheddar e gruyére são seus exemplos.
  • Queijos não lácteos, como queijo de soja e daiya, são indicados para indivíduos que não ingerem laticínios, mas são bastante processados.
  • Os queijos processados, tipo queijo americano, de barrar e queijos com sabor não podem ser distinguidos como queijo, e a embalagem deve dizer isso. Estes são produtos estáveis ​​nas prateleiras, contendo ingredientes adicionados, como intensificadores de sabor e emulsificantes.
  • O queijo com pouca gordura é feito com 2% de leite. O queijo sem gordura é feito com 0% ou leite desnatado.
  • O queijo integral contém entre 6 e 10 gramas (g) de gordura por 28 g de porção. Desse modo, 4 a 6 g são gorduras saturadas.

Como fazer queijo

Produzir queijo caseiro de qualidade é possível, utilizando produtos simples de maneira muito fácil. Tudo isso com apenas 3 ingredientes disponíveis em qualquer armário de compras.

Em relação à quantidade de queijo necessária que deve ser consumida por dia, varia de acordo com o tipo de queijo. Queijos brancos, como o queijo minas, por exemplo, podem fornecer diariamente a porção certa de fósforo e cálcio para saúde, sendo recomendada a ingestão de 2 a 3 vezes por dia, em média 30 gramas.

Queijo caseiro com 3 ingredientes

Ingredientes

2 litros de leite integral

1  xícara de chá de vinagre branco

1 colher de sopa de margarina

Sal a gosto

Modo de fazer:

Em uma panela, ferva o leite, depois desligue o fogo e acrescente o vinagre. Aguarde por 5 minutos para coalhar/talhar.

Dica: Se for preciso, coloque mais vinagre. Coe o leite em um pano limpo e despreze o soro que sair.

No liquidificador, coloque margarina, o talho do queijo, sal e bata até que se torne uma mistura homogênea.

Ponha em uma vasilha e amasse com uma colher. Feche e leve à geladeira por 2 horas. Desenforme gelado.

Receitas com queijo

Praticamente todo mundo gosta de queijo, e é fácil encontrar muitas receitas que engordam e apaziguam a alma. Mas se precisar da sua dose de queijo, tente estas alternativas mais saudáveis.  

Abobrinha assada com parmesão

Pré-aqueça o forno a 180°C e forre uma assadeira com papel alumínio. Corte cerca de 4 a 5 abobrinhas em fatias (cubra-as longitudinalmente). Em uma tigela, misture 2 colheres de sopa de azeite, as raspas de limão e 2 dentes de alho (picados).

Espalhe as fatias de abobrinha na assadeira forrada e pincele com a mistura de azeite. Polvilhe com parmesão ralado e tempere com sal e pimenta. Deixe assar por alguns minutos, até a abobrinha ficar macia, e deixe assar até que o parmesão fique dourado. Sirva como um lanche ou um acompanhamento com seu prato favorito.

Fritada de espinafre e queijo de cabra

Pré-aqueça o forno a 200°C. Em uma frigideira à prova de forno, aqueça o azeite e adicione 6 fatias de pancetta. Cozinhe em fogo médio-alto até ficar crocante. Deixe esfriar em um prato separado antes de picar em pedaços pequenos.

Corte um alho-poro pequeno (em comprimento e depois em pedaços de 2,5 cm) e adicione-o à panela. Cozinhe em fogo baixo até ficar macio e levemente dourado. Adicione uma xícara de espinafre fresco e cozinhe até murchar. Retire a mistura de alho-poro e espinafre da panela e deixe descansar com a pancetta.

Bata 8 ovos grandes e adicione-os à panela, temperando com sal e pimenta e cozinhe por cerca de um minuto. Espalhe a mistura de pancetta, alho-porro e espinafre sobre os ovos e cubra com cerca de ½ xícara de migalhas de queijo de cabra.

Asse por alguns minutos até que a fritada esteja pronta. Corte em fatias e sirva imediatamente.