Benefícios do Sal de Cozinha para a saúde

O sal é o tempero mais utilizado na culinária. Além de dar mais sabor à comida, pode reforçar o tempero de outros alimentos.

Benefícios do Sal de Cozinha para a saúde

Benefícios do sal de cozinha

Observe a seguir os benefícios do sal de cozinha:

1. Fonte de iodo

Embora haja uma necessidade diária necessária do consumo de iodo, nem sempre a demanda é suprida pelos alimentos consumidos diariamente por infinitos motivos. Nesses casos, a adição de sal torna-se indispensável. O iodo é vital para os hormônios, além de desempenhar um papel muito importante na produção de energia.

2. Auxilia a saúde do coração

O sódio presente no sal combinado com o potássio é fundamental para manter o ritmo cardíaco em harmonia.

3. Evita a fadiga

O sódio presente no sal atua no fornecimento de energia para o organismo. Como esse mineral atua no metabolismo de carboidratos e gorduras, a transformação desses nutrientes gera energia para o corpo.

Propriedades do sal de cozinha

Observe a seguir as propriedades do sal de cozinha:

1. Eficaz para os músculos

O sódio atua na participação de contrações musculares. Dessa forma, uma vez que ocorra a ausência desse mineral, pode desencadear uma fraqueza muscular.

2. Mantém a quantidade de água estável

Enquanto o sódio retém líquido no organismo, o potássio elimina água. Nesse sentido, quando há o equilíbrio dos dois, as funções no organismo agem perfeitamente.

Tipos de sal

Observe a seguir os tipos de sal existentes:

1. Sal refinado

Bem como acontece com o sal marinho, ele é obtido através da evaporação da água do mar. Ele pode ser utilizado no preparo de qualquer alimento.

2. Sal light

O sal light é obtido por meio da evaporação da água do mar e, logo após, pelo processo de refinamento. Esse sal também pode ser utilizado no preparo de qualquer alimento.

3. Sal grosso

O sal grosso não passa pelo processo de refinamento, mas também é obtido através da evaporação da água do mar. O sal grosso é utilizado no tempero de carne de churrasco e peixes.

4. Flor de sal

A flor de sal consiste no resultado do trabalho dos elementos da natureza, sejam eles: água do mar, energia solar e vento. A flor de sal é ótima para ser utilizada no tempero de saladas.

5. Sal marinho

O sal marinho não passa pelo processo de refinamento e é obtido pela evaporação da água do mar. Esse sal, como possui o sabor mais forte, é utilizado para temperar alimentos.

6. Sal sem sódio

O sal sem sódio é obtido industrialmente. Ele pode ser utilizado no preparo de qualquer alimento.

7. Sal negro

A composição do sal negro pode variar bastante. Além de poder ser utilizada no preparo de carnes e peixes, pode ser usado em molhos.

8. Sal do Himalaia

Esse sal, devido à coloração, também é conhecido com sal de rocha rosa. O sal do Himalaia também pode ser utilizado no preparo de carnes e peixes.

9. Sal líquido

O sal líquido é composto por minerais como sódio e potássio. Ele requer alguns cuidados antes de ser introduzido na alimentação.

10. Sal do Havaí

Considerando a presença de argila vermelha havaiana, esse sal possui a coloração avermelhada. O consumo pode ser usado em molhos, saladas e vegetais.

11. Sal defumado

O sal defumado requer alguns cuidados, pois pode ser facilmente adulterado. Devido à versatilidade, pode ser usado em carnes e aves.

Quantidade recomendada de sal

A Organização Mundial de Saúde prevê que uma pessoa adulta deve consumir menos que cinco gramas de sal diariamente. Essa quantidade equivale a cinco pacotes servidos em bares e restaurantes.

Como consumir sal

É sabido que o sal, quando consumido na medida certa, faz bem ao corpo humano. Contudo, sua ingestão dever ser feito de forma moderada.

Procure não despejar quantidades significativas de sódio no preparo de alimentos. Caso queira, acrescente novos temperos ou ervas e pimentas.

Vale mencionar que os condimentos merecem muita atenção, pois eles possuem sódio em sua composição.

Malefícios do sal

O sal, quando consumido em excesso, pode causar hipertensão e sobrecarga atrial.

O consumo em excesso faz com que o organismo retenha líquidos e que o corpo fique inchado. Além disso, pode afetar o funcionamento dos rins.

O sal pode provocar o envelhecimento precoce e agravar casos de osteoporose.

Vale acrescentar que alimentos industrializados possuem quantidades significativas de sódio, bem como: biscoitos, refrigerantes, temperos prontos, peixes enlatados e amendoim são alguns deles. Diante da variedade de alimentos, sugere-se que o rótulo seja lido antes do consumo visando o consumo em excesso. O ideal é que pessoas hipertensas tenham o dobro de cautela com esses alimentos.

Qual o sal de cozinha mais saudável

A Flor de Sal é a mais suave dentre todos. Todos os tipos de sal possuem sódio e, na hipótese de serem consumidos em excesso, podem se tornar prejudiciais à saúde, como aumento da pressão arterial, por exemplo.

Embora o sal de cozinha seja pobre em micronutrientes, ele é o mais consumido. Como ele possui uma textura fina, tende se a misturar facilmente aos alimentos, seja durante o preparo dos alimentos ou depois que a comida está pronta.

Qual o melhor tipo de sal para o consumo humano

Segundo os nutricionistas, cada indivíduo deverá escolher o sal que mais atender às necessidades culinárias. O fundamental é que o escolhido seja consumido em uma quantidade adequada.

Para que serve o sal

O sal, além de ser um tempero que não pode faltar na cozinha, pode ajudar muito nos afazeres domésticos.

Quando utilizado de maneira adequada, não agride o meio ambiente, é eficaz e muito mais barato do que outros produtos existentes em supermercados.

O sal pode ser utilizado em:

  • Faxina

Ao fazermos limpeza generalizada, podemos misturar o sal com o vinagre. Entretanto, aconselha-se que essa mistura não seja aplicada em superfícies com cera e mármore.

  • Limpar o fogão

Caso o seu fogão esteja precisando de uma limpeza mais robusta, coloque um pouco de sal sob a sujeira. O sal agirá absorvendo a parte líquida, logo, o processo de limpeza ficará mais fácil.

  • Limpar panelas

Caso as panelas sejam de ferro, uma solução de sal, água e limão limpará as partes escurecidas. Ainda com essa mistura, é possível limpar objetos de prata ou panelas queimadas. Para o último caso, lembre-se de aquecer a água.

  • Banho terapêutico

O sal, além de ser um ótimo esfoliante, também pode ser tonificante. Visando machucar a pele, misture um pouco do seu óleo preferido.

  • Tratamento bucal

Para as pessoas que têm feridas na boca, uma solução de água salgada com água morna pode aliviar o mal-estar. Além disso, pode ajudar, também, a amenizar a dor de garganta.

De onde vem o sal

O sal de cozinha utilizado como tempero de alimentos é o cloreto de sódio (NaCl).

No território brasileiro, o Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão e Bahia destacam-se como produtores do sal.

Vale destacar que o Rio Grande do Norte representa quase 100% do produtor de sal em solo brasileiro.

Como os alimentos possuem uma quantidade significativa de sódio na composição, durante o processo de preparo, o sal em excesso deverá ser evitado. Adicionalmente, alimentos ricos em sódio possuem muito açúcar e gordura, como biscoitos e ketchup, por exemplo.