Benefícios do Óleo de Peixe para a saúde

O óleo de peixe é constituído por tecidos de peixe (como o atum, salmão e sardinha) e contém ácidos gordos do tipo ômega 3. O mais comum é encontrá-lo em forma de cápsulas em gel, mas também é vendido como líquido, comprimidos ou suplementos.

Benefícios do Óleo de Peixe para a saúde

Um dos principais benefícios do óleo de peixe para a saúde deve-se aos 3 ácidos gordos essenciais que fazem parte da sua composição, que são:

  • Ômega 3
  • Ácido eicosapentaenoico (EPA)
  • Docosaexaenoico (DHA)

Além disso, ele também contém gama-linolênico (GLA) e alfa-linolênico (ALA) que são muito úteis para o nosso organismo. A quantidade estimada de ômega 3 a cada 100 g de uma cápsula é por volta de 600 mg e, quando o consumo é associado a uma dieta equilibrada e atividades físicas, contribui significativamente para a perda de gordura corporal.

 O óleo de peixe em cápsulas deve ser consumido, de preferência, sob recomendação médica, para que seja possível avaliar a melhor forma de complementar a dieta. Em relação ao óleo de peixe como tomar, em geral o recomendado é ingerir uma cápsula de 1 g 20 minutos antes do almoço e outra cápsula 20 minutos antes do jantar.

Sobre o óleo de peixe preço, ele varia de acordo com a marca e a quantidade, entre R$ 25,00 a R$ 130,00. Ao adquirir é fundamental saber sua origem, bem como quais são os peixes que estão contidos em sua formulação.

Quem deseja saber para que serve o óleo de peixe ômega 3 1000mg, o suplemento é muito usado por seus inúmeros benefícios à saúde, a maioria deles com comprovação científica.

Óleo de peixe benefícios e malefícios

Por ser fonte rica em ômega 3 (que é encontrado em grande quantidade em frutos do mar e peixe e no óleo de peixe), consiste em um componente essencial para as pessoas que desejam ter uma alimentação saudável, já que o corpo não é capaz de produzir sozinho esse componente essencial.

Além disso, o óleo de peixe emagrece, contribui para a prevenção de processos anti-inflamatórios e ajuda a manter uma boa digestão. O seu consumo ainda beneficia na prevenção de doenças cardiovasculares e ósseas, combate a depressão e a anemia, entre diversos outros benefícios para manter o corpo saudável.

Óleo de peixe benefícios e malefícios

Entre as propriedades do óleo de peixe encontramos, além do ômega 3, a proteína, cálcio, ferro, vitamina B 12 e vitamina D. O uso de cápsulas, suplementos, comprimidos ou óleo de peixe líquido traz inúmeros benefícios, que serão explicados a seguir.

1.Protege contra doenças cardíacas

Pesquisas realizadas com o óleo de peixe comprovaram a sua eficácia em diminuir as chances do surgimento de doenças do coração, além de ajudar a evitar a arritmia. O motivo é a presença do ômega 3, que impede que os triglicerídeos se acumulem e sejam convertidos em gorduras, diminuindo também quantidades excessivas no organismo.

O ômega 3 contribui para a redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) e o aumento do bom colesterol (HDL). O consumo regular ajuda a prevenir a aterosclerose, que consiste em um acúmulo de gordura e colesterol nas paredes das artérias, evitando a ocorrência de um AVC (acidente vascular cerebral).

Ele também contém as chamadas gorduras boas, que reduzem o colesterol e a coagulação do sangue, o que resulta em um relaxamento e diminuição da inflamação nos vasos sanguíneos.

2.Ajuda a perder peso

O óleo de peixe é um componente amplamente utilizado como um auxiliador na perda de peso. De acordo com pesquisadores, a ingestão ajuda a melhorar a prática de exercícios, o que potencializa o emagrecimento.

3.Fortalece o sistema imunológico

Quem deseja se precaver de doenças comuns, como gripes, resfriados e tosse, tem no óleo de peixe um importante aliado. Isso porque o consumo regular ajuda no fortalecimento do sistema imunológico, motivado pela presença dos ácidos graxos ômega 3.

Além disso, pesquisas revelaram que o óleo de peixe contribui para a redução da sensação de fadiga e provoca uma melhora satisfatória em erupções cutâneas e na febre.

4.Possui ação anti-inflamatória

A ação anti-inflamatória do óleo de peixe é muito eficaz para reduz a inflamação nos tecidos e no sangue. Isso colabora no tratamento de pessoas que sofrem com doenças crônicas de origem inflamatória e distúrbios gastrointestinais.

5.Combate a artrite

A ingestão regular do óleo de peixe ajuda a tratar a artrite e reumatismo, reduzindo os impactos provocados pelas enzimas que acabam destruindo a cartilagem.

6.Ajuda no tratamento da ansiedade e depressão

O ômega 3 encontrado no óleo de peixe é comprovadamente um auxiliar no tratamento dos sintomas relacionados à ansiedade, estresse, depressão, fadiga mental e outros distúrbios relacionados ao sistema nervoso.

Isso também é provocado pelo aumento da produção da seretonina, que é fundamental para a sensação de bem-estar. Estudos feitos com esse componente mostraram que ele é benéfico para ajudar a estabilizar o humor, principalmente em mulheres.

7.Deixa os cabelos mais bonitos e saudáveis

O uso desse componente ajuda os cabelos a ter um maior desenvolvimento, além de prevenir a queda dos fios. O óleo de peixe também mantém os cabelos com um brilho mais intenso, devido à presença do ômega 3, que oferece alimento aos folículos capilares.

8.Melhora a circulação sanguínea

Estudos comprovam que a ingestão de cápsulas à base de óleo de peixe tem o poder de provocar uma melhoria na circulação do sangue, pois reduz os triglicérides e o colesterol.

9.Beneficia a gravidez

Mulheres grávidas que consomem o óleo de peixe ajudam a manter o bebê mais saudável no ventre, pois ele contém DHA, que é importante para a formação do cérebro e dos olhos do feto.

Outro fator positivo relacionado à gravidez é que contribui para evitar que o bebê nasça prematuro ou com baixo peso. O óleo de peixe também ajuda a prevenir a depressão pós-parto, que afeta uma grande quantidade de mulheres.

10.Ajuda a melhorar a memória

As membranas cerebrais são beneficiadas por causa do DHA encontradas no óleo de peixe, além de beneficiar a função cognitiva e a memória. Isso foi comprovado por pesquisadores que testaram pessoas que consumiam peixe regularmente (assados ou grelhados). Essas pessoas apresentavam células cerebrais responsáveis pela memória e pelo aprendizado mais desenvolvidas.

11.Protege a saúde ocular

É comum o uso de óleo de peixe para cuidar da visão, o que é cientificamente comprovado. Pesquisas realizadas confirmaram que ele é um componente que ajuda a prevenir a degeneração macular, que está associada ao avanço da idade e pode levar à cegueira.

12.Melhora a fertilidade

Estudos feitos com esse componente mostraram que ele ajuda a reforçar a qualidade do esperma, aumentando o tempo de sobrevivência dos espermatozoides quando entram em contato com as substâncias presentes na genitália feminina. Como consequência, as chances de concepção são aumentadas.

13.Deixa a pele mais bonita

O óleo de peixe provoca uma melhora na pele ressecada, deixando- mais brilhante e elástica, pois ajuda a regular a umidade. Além disso, possui componentes que reduzem a inflamação, o que deixa um aspecto mais saudável na pele.

Ele também é eficaz para tratar problemas cutâneos como prurido, vermelhidão, lesões, eczema, erupções cutâneas e outros problemas de pele, pois previne a formação de sebos, que ocasionam a acne, por exemplo.

14.Contribui para o tratamento do Alzheimer

Uma das melhores fontes de ácidos gordos essenciais consiste no óleo de peixe. Por esse motivo, de acordo com várias pesquisas realizadas, ele contribui para tratar o Alzheimer.

Os pacientes que são portadores dessa doença têm como recomendação da Associação de Alzheimer o consumo de altos teores de ácidos graxos ômega 3, o que atua como uma defesa contra os danos cerebrais.

15.Ajuda a tratar o Déficit de Atenção e Hiperatividade

Crianças que sofrem com Hiperatividade (TDAH) ou Déficit de Atenção apresentam melhorar com o consumo dos ácidos graxos encontrados no óleo de peixe.

Outros benefícios com o consumo desse componente é a melhora nos quadros de baixa concentração, dislexia, instabilidade emocional, falta de atenção, memória de curto prazo, distúrbio de aprendizado, entre outros.

A melhora desses sintomas é cientificamente comprovada em crianças que consumiram o óleo de peixe durante 15 semanas.

Malefícios do óleo de peixe

Apesar de todos os benefícios do óleo peixe ômega 3, efeitos colaterais também podem ocorrer, principalmente se o consumo for feito de maneira irregular.

Problemas de saúde também podem acontecer no caso de ingerir produtos de má qualidade ou de maneira excessiva. Por esse motivo, é importante apontar que o óleo de peixe indicação de um médico é fundamental para evitar complicações.

Entre os possíveis efeitos colaterais estão:

  • Risco de intoxicação devido à presença de metais pesados, como o mercúrio. Isso pode ocorrer principalmente no caso de produtos de baixa qualidade.
  • Cólicas abdominais causadas pela incapacidade do organismo digerir a quantidade de óleo de peixe no organismo, causando gases e barriga inchada.
  • Risco de hemorragia provocado pelo excesso (ou seja, acima de 3 g diários). Isso pode provocar hemorragia nasal, presença de sangue na urina e até mesmo um AVC hemorrágico.
  • Azia e refluxo ácido causado pelo aumento repentino na quantidade ingerida do suplemento.
  • Dificuldade em respirar, provavelmente provocado por alergia, que resulta no bloqueio da passagem de ar por conta de inflamação no trato respiratório.