Benefícios do Kino para a saúde

O kino, além de pertencer à família das Curcubitáceas, é próximo do melão e do pepino. Esse fruto é conhecido por esse nome no mercado brasileiro, entretanto, no exterior, é chamado de Kiwano.

Benefícios do Kino para a saúde

Fruta Kino

Essa fruta de cor alaranjada tem o formato oval e possui espinhos tortos e grossos. A polpa é gelatinosa de cor amarelo esverdeada e as sementes esbranquiçadas. Pode-se dizer que o seu interior nos remete a um maracujá, por exemplo.

Vale destacar que o kino é desconhecido para os brasileiros. Isso se dá devido ao fato de que, além de não ser cultivado aqui, quase não é comercializado.

Essa fruta é nativa do deserto do Kalahari, na África Austral (África do Sul, Angola, Botswana e Namíbia).

Usualmente, a polpa é consumida crua e fresca. Pode ser utilizada como sobremesa, mas há quem prefira utilizá-la em pratos, sejam eles cozidos ou assados.

Propriedades do kino

O kino é fonte de:

Cálcio

Esse mineral, além de ser fundamental para a formação dos dentes e ossos, auxilia na coagulação do sangue e no processo de contração muscular. Vale destacar que o consumo diário de cálcio é fundamental para evitar problemas decorrentes de ausência de mineral, bem como osteoporose, por exemplo.

Fósforo

O fósforo compõe as membranas celulares e age na formação dos dentes e ossos. Além disso, atua no metabolismo dos glicídios e atua nas contrações musculares.

Vitamina C

Essa vitamina hidrossolúvel, também chamada de ácido ascórbico, possui um papel fundamental na manutenção do tecido conjuntivo. Além de fortalecer o sistema imunológico, a vitamina C propicia a absorção do ferro e atua na síntese de alguns aminoácidos.

Potássio

Esse mineral participa dos mecanismos de normalização das atividades neuromusculares e atua desde a regulação até a distribuição de água nas células do organismo.

Ferro

O ferro é o mineral responsável pelo transporte de oxigênio e dióxido de carbono para as células. Vale destacar que a carência de ferro no organismo nos indivíduos pode desencadear a anemia.

Magnésio

Esse mineral é essencial para a contração e relaxamento muscular. Adicionalmente, ele é visto como um calmante natural, haja vista que provoca relaxamento do aparelho intestinal e dos vasos sanguíneos.

É importante mencionar que as sementes dessa fruta contêm diversos ácidos graxos, que incluem o ácido oleico e linoleico.

O ácido oleico melhora a sensibilidade à insulina, que, por sua vez, auxilia no controle do diabetes. Ademais, esse ácido graxo, além de equilibrar a queima de gorduras no organismo, garante a armazenagem adequada e uso de gorduras pelo coração, que regula o metabolismo.

No que tange ao ácido linoleico, além de fazer parte da estrutura das membranas das células, controla os níveis de colesterol no sangue. Destaca-se que esse ácido fortalece o sistema imunológico e melhora a permeabilidade das veias e artérias.

Benefícios do Kino

O kino é considerado uma fruta que possui diversos benefícios para a saúde, sejam eles:

1. Fortalecimento do sistema imunológico;

2. Auxilia no processo digestivo;

3. Atua no processo de emagrecimento;

4. Equilibra a flora intestinal;

5. Possui ação isotônica;

6. Proporciona maior sensação de saciedade;

7. Possui efeito laxante; e

8. Atua como digestivo.

Como plantar kino

A planta kino é uma trepadeira que possui um crescimento acelerado e produz frutos até cinco meses após o plantio. Caso queira ter um pé de kino em casa, é preciso comprar sementes da fruta, que podem ser facilmente encontradas na internet ou em lojas físicas especializadas. Feito isso, basta fazer o plantio em solo ou em um vaso.

Considerando que o Kino é oriundo da África, ele se adapta sem dificuldades ao clima da maioria das regiões brasileiras. Essa planta possui alta sensibilidade quanto ao excesso de umidade e ao frio. A temperatura ideal para a germinação é entre 20ºC e 35 ºC.

Preço da fruta kino

Grande parte da fruta consumida no Brasil é importada, haja vista que a produção nacional é muito pequena. Sendo assim, ela costuma ser vendida a preços exorbitantes.

Kiwano fruta

O kiwano também é conhecido como kino ou pepino africano. Além de ser uma fruta exótica, ela é vista como um alimento de grande ajuda. Isso se dá porque o pepino africano ajuda a solucionar problemas relacionados à escassez de alimentos na África subsaariana.

Suco de kino

Para obter um delicioso suco de kino, é possível reunir outros ingredientes. Para tanto, você deverá reservar:

  • 1 kino;
  • 400ml de água gelada;
  • Suco de dois limões;
  • Açúcar (a gosto); e
  • Gelo (a gosto).

Modo de preparo:

Uma vez que todos esses ingredientes tenham sido reservados, bata no liquidificador a polpa de kino, o suco de limão, a água gelada e o açúcar. Bata bem e, sem seguida, peneire.

Sirva com gelo.

Caso queira, adicione hortelã.

Pé de kino

O pé de kino se desenvolverá melhor se ficar exposto ao sol e receber poucas chuvas. Caso a região seja chuvosa, é preciso proteger o pé com uma cobertura, viso que não tolera solos impregnados de água.

É importante mencionar que essa trepadeira deverá ser conduzida para um muro ou suporte, caso prefira. Ela precisa de espaço para se desenvolver.

Cultivo de kino

Caso queira cultivar kino, observe os passos a seguir:

1º: Limpe as sementes selecionadas para plantio. Acrescenta-se que é possível encontrar na internet sementes já preparadas);

2º: As sementes deverão ser plantadas em uma bandeja, vaso ou diretamente no solo a meio centímetro de profundidade e coberta com terra peneirada;

3º: Não semeie nos meses de temperatura intensa;

4º: Utilize uma terra bem arenosa, drenada e adubada com húmus de minhoca ou composto;

5º: As sementes germinarão em até seis semanas.

Planta kino

O kino é uma fruta pouco cultivada no Brasil e, devido a isso, pouco conhecida de grande parte das pessoas. Essa fruta conta com diversas propriedades para o organismo, haja vista que é rica em ferro, cálcio, potássio e vitaminas A e C.

Ainda nessa perspectiva, essa planta de clima árido e quente fortalece o sistema imunológico e equilibra a flora intestinal.