Benefícios do Anis para a saúde

O Anis-estrelado, também conhecido como Estrela-de-anis ou simplesmente Anis (Illicium verum) é uma árvore de origem chinesa e vietnamita. Dela se usa sua vagem, que se assemelha com uma estrela, por isso o nome anis-estrelado, como especiaria.

Ele tem uma textura de madeira e apesar de consumido no mundo todo, é em pratos das cozinhas chinesas e indianas que tem sua prevalência na preparação de chás, sopas, sumos, panificações, biscoitos, massas de bolos, temperos de carnes e para aromatizar bebidas alcoólicas, como a sambuca.

No Brasil, apesar de não ser cultivada comercialmente, é utilizado principalmente na medicina natural, usado na forma de infusões e chás, onde ferve-se a água, acrescenta o anis e deixa em descanso por alguns minutos antes de consumir.

Dentre as propriedades do anis, podemos citar sua ação antisséptica, anti-inflamatória, calmante, digestiva e diurética, sendo esta última sua maior aplicação na fitoterapia. Mas talvez sua maior contribuição na indústria farmacêutica se dê pela presença do ácido xiquímico, composto bactericida e antivirótico utilizado na síntese de fármacos para o tratamento da gripe como o oseltamivir, conhecido comercialmente como Tamiflu, o principal fármaco para o tratamento da gripe A.

Existem diferentes tipos de anis (Illicium verum), os mais conhecidos são o anis estrelado, anis verde e anis comum, que apesar de serem diferentes, possuem os mesmos princípios ativos e propriedades muito similares. Porém, existe outro tipo de anis semelhante ao chinês, o anis estrelado japonês (Illicium anisatum) que é altamente tóxico e impróprio para o consumo humano.

Como plantar Anis estrelado

A planta anis estrelado pode alcançar, no máximo, 30 centímetros de altura, possui folhas arredondadas, flores brancas e pequenas. Os frutos da planta anis são pequenos e com sementes aromáticas. Sua vagem tem a forma de uma estrela irregular com oito pontas, duras e cor de ferrugem, por isso o nome anis-estrelado, e mede até 3 centímetros de lado a lado.

Como plantar Anis estrelado

A planta anis estrelado vem de regiões tropicais e necessita de várias horas de sol por dia para crescer adequadamente. Para se obter o anis, é necessário arrancá-lo antes de amadurecer e, em seguida, secá-lo para se obter o seu sabor.

O solo ideal para sua plantação é o com textura areno-argilosa e boa quantidade de matéria orgânica e boa drenagem com um espaçamento entre plantas de 3 a 4 metros.

Para plantar em casa, escolha um lugar ensolarado do seu jardim, pois a planta requer muitas horas de sol por dia. Coloque duas a três sementes por buraco de não mais que 3 cm de profundidade e regue diariamente. Em 30 a 40 dias já terão nascido mudas.

Sua floração ocorre na primavera e após, nascem os frutos em forma de estrela. Quando maduros, colha-os e seque-os. Para isso, coloque os frutos sobre um papel absorvente e deixe num lugar seco e a sombra, com temperaturas não muito altas. Pronto, você terá o anis estrelado para temperar, aromatizar ou preparar o chá de propriedades medicinais.

Benefícios do Anis

O Anis é rico em Vitamina A, Vitamina C e vitaminas do complexo B e minerais como o Ferro, Magnésio, Cobre e Cálcio. Seu uso medicinal mais comum é para problemas do sistema digestivo, como como mal-estar estomacal, diarreia, cólicas intestinais e gases, sendo muito útil para quem tem sensibilidade gástrica ou problemas de digestão, já que estimula secreções dos sucos estomacais.

O anis é muito utilizado também como diurético, propriedade que quando associada à prática de atividade física regular e uma dieta balanceada auxilia na perda de peso, então podemos dizer que o Anis estrelado emagrece.

Além de ser benéfico para o sistema digestivo, o anis também auxilia no tratamento de doenças respiratórias, como bronquite, asma e gripe, alivia a tosse e tem propriedades analgésicas, podendo ser aplicado para combater o reumatismo e dores nas costas.

Age também como um importante antimicrobiano e pode ser mastigado para afastar os germes e mau hálito, tem antioxidantes que melhoraram a imunidade e combatem os radicais livres, regula a menstruação e aumenta a libido. A seguir, veremos mais detalhadamente todos os benefícios do anis.

  • Combate problemas respiratórios: o Anis tem propriedades antimicrobianas que ajudam o tratamento de problemas respiratórios como gripes, resfriados, asma, bronquite, tanto que é do anis que se extrai o ácido xiquímico, composto antivirótico utilizado na síntese do oseltamivir, conhecido comercialmente como Tamiflu, o principal fármaco para o tratamento da gripe A.  Outros fitoquímicos como creosol e alpapinene, ajudam a aliviar o congestionamento nasal e limpar as vias aéreas.
  • Benéfico para mulheres: o anis tem um composto com propriedades estrogênicas chamado anetol, que ajuda a aumentar a produção de leite e regula a menstruação. O anis também pode aumentar a libido e, nos homens, alivia os sintomas da andropausa, a “menopausa” masculina.
  • Regenera a pele: devido suas propriedades antissépticas e antibacterianas, o anis pode ser usado em contusões e cortes, fazendo a assepsia local e acelerando o processo de regeneração do ferimento.
  • Bom para o cérebro: o anis é fonte de vitaminas do complexo B, tais como a piridoxina, a tiamina, a niacina e a riboflavina, substâncias de fundamental importância para o normal funcionamento do sistema nervoso. Seu consumo mantem o bom funcionamento do cérebro e previne demências.
  • Atua como um calmante natural: o anis estrelado dispõe de propriedades calmantes e o consumo do seu chá é indicado antes de se deitar para ter uma boa noite de sono.
  • Benéfico para o sistema digestivo: desde a antiguidade o chá de anis já era utilizado para combater problemas digestivos. Ele possui um efeito estimulante sobre as enzimas digestivas e aumenta a produção de saliva e suco gástrico que ajudam na digestão. Seu consumo melhora ainda cólicas intestinais, gases e inchaço.

Anis estrelado efeitos colaterais

Apesar de ser um remédio natural, o chá de anis estrelado é de contraindicação e pode ser tóxico em doses elevadas ou após uso prolongado, provocando desde náuseas e vômitos até casos de delírios e convulsões provocados por seus óleos essenciais.

Deve ainda se evitar uso em crianças, durante a gravidez e na lactação e tomar cuidado com o tipo de anis, pois o anis japonês é extremamente tóxico, por isso deve-se buscar saber as procedências do anis.