Benefícios da Uvaia para a saúde

A Uvaia, que possui o nome científico Eugenia pyriformis, é uma planta da família Myrtaceae, encontrada na Mata Atlântica, Paraguai e Argentina.

Considerando que essa fruta possui um gosto mais azedo, é possível que não agrade a todos. Caso queira adoçá-la, o mel é a melhor opção. O consumo pode inibir a fome e evitar a compulsão.

Fruta uvaia

A uvaia possui a polpa delicada, bem como sua casca. Como elas ressecam com facilidade, não são encontradas com frequência em supermercados.

Essa fruta possui o sabor ácido e doce e um aroma suave. Vale mencionar que um dos compostos mais importantes em frutas cítricas é a vitamina C. Sendo assim, além de essa fruta contribuir para o sistema imunológico, ela atua na manutenção do colágeno, aumenta a absorção de ferro dos alimentos e auxilia na cicatrização de feridas.

Acrescenta-se que a folhas de uvaieira têm sido utilizadas na medicina popular com a finalidade de controlar a hipertensão e auxiliar no emagrecimento. Para esse último caso, salientamos que é preciso consultar um médico juntamente com a prática contínua de atividades físicas.

Árvore da uvaia

A árvore, que também é conhecida como uvaieira, pode ser encontrada facilmente nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Tendo em vista que essa árvore pode alcançar até 13 metros de altura e 50 cm de diâmetro, é utilizada em diversos projetos de reflorestamento e muitos animais e aves se alimentam dela.

A fruta, que possui sabor ácido e doce, pode ser consumida in natura ou como geleias e sucos, por exemplo. A uvaia possui até quatro sementes redondas que podem germinar em até 60 dias.

A árvore floresce entre agosto e setembro e frutifica durante os meses mais quentes. Como as frutas não duram muito devido à fragilidade, sugere-se que a colheita seja feita tão logo estejam firmes.

Benefícios da uvaia

Considerando que a uvaia é uma fruta cítrica, como a laranja e o limão, por exemplo, um dos componentes mais notórios é a vitamina C. O ácido ascórbico é essencial para manter o corpo saudável, além de um funcionamento adequado.

Ainda nessa perspectiva, a vitamina C possui um papel essencial no que se refere ao colágeno, visto que atua na reparação dos tecidos e produção do colágeno. Além disso, é um poderoso antioxidante, pois combate os radicais livres que, quando estão em excesso no organismo, podem acarretar doenças.

Como ocorre com outros frutos amarelo-alaranjados, a uvaia possui uma quantidade significativa de pigmentos naturais, os carotenoides. Ademais, o consumo dessa fruta pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, diminuir o colesterol e queimar calorias.

Propriedades da uvaia

A uvaia contém altos teores de vitaminas A e C, logo, contém grandes propriedades digestivas e adstringentes. Destaca-se que as vitaminas A e C são consideradas antioxidantes, que, por sua vez, combatem os radicais livres e previnem doenças como o câncer e inflamações, por exemplo.

Ainda nesse panorama, a uvaia, devido à presença de vitamina C, previne gripes e aumenta a imunidade. Ela auxilia na respiração celular e atua na formação de dentes e ossos. No que tange à vitamina A, atua na proteção dos órgãos reprodutivos, mantém o viço do cabelo e previne a oxidação celular.

Como possui um gosto azedo, é fortemente utilizada para fazer doces, geleias, sorvetes, licores, sucos e compotas.

Como plantar uvaia

A uvaia se destaca pelos frutos saborosos e, talvez por essa razão, muitas pessoas querem ter um pé no quintal de casa. É importante destacar que essa árvore tem um melhor desenvolvimento sob o sol, em um solo profundo, irrigado e levemente ácido. Uma vez que o tempo de adaptação tenha sido estabelecido, a árvore adquire tolerância a baixas temperaturas.

Ainda que essa planta seja adaptável a diversos tipos de solo, quando ele conta com uma boa matéria orgânica, o crescimento será muito melhor. Da fase do plantio até a primeira frutificação, poderá levar de quatro a seis anos.

Recomenda-se que o plantio seja feito ao sol e em covas com, no mínimo, 50 cm de profundidade em terra misturada com areia e matéria orgânica. Uma das vantagens dessa planta é que, além de se desenvolver rapidamente, não requer cuidados especiais. Sendo assim, uma vez que ela esteja no ápice do desenvolvimento, a irrigação promovida pela chuva já será suficiente.

Onde comprar a fruta uvaia

Considerando que a época de frutificação da uvaia seja entre os meses de setembro e janeiro, é comum encontrar a fruta em feiras e hortifrutigranjeiros. Haja vista que são frutos sensíveis e delicados, a probabilidade de ressecamento é grande. Com isso, torna-se um tanto quanto difícil encontrá-los fora de época.

Em contrapartida, produtos derivados da uvaia podem ser encontrados em qualquer tempo. Isso inclui geleias, compotas, vinagres, licores, sorvetes e sucos.

Salienta-se que o consumo da fruta seja mais poderoso quando feito in natura, visto que, dessa forma, as propriedades são asseguradas. Sendo assim, polpas congeladas podem fazer com que as propriedades sejam perdidas.

Destacamos que chá de folhas dessa fruta são habituais na cultura popular. Embora existam diversos relatos sobre o auxílio na perda de peso e combate a hipertensão, sugerimos que o consumo seja feito com cautela, haja vista que não estudos que comprovem a eficácia.

Como plantar uvaia no vaso

Caso seu objetivo seja plantas mudas de uvaia no vaso, observe a seguir alguns passos que devem ser seguidos:

  • Adicione um pouco de serragem ou pequenas pedras no fundo.
  • Considerando que o pé se desenvolve melhor sob a luz solar, coloque-a em um lugar que haja incidência de, no mínimo, quatro horas de luz solar diariamente.
  • Como é uma árvore frutífera, o uso da uvaia no paisagismo tem crescido exponencialmente.

Uvaia bonsai

Como qualquer bonsai, a árvore deverá receber sol diariamente em suas folhas, visto que isso é fundamental para a frutificação.

Embora essa planta aprecie bastante a luz solar, na época de verão intenso, opte por deixá-la em locais onde os raios solares não estejam incidindo. Afinal de contas, essa planta é de clima temperado. Ela deve ser regada diariamente, mas não coloque água em excesso. Essa prática pode matar o bonsai.