Benefícios da Castanha da Água para a saúde

A castanha d’água é de origem chinesa e, apesar do nome, não é uma noz, e sim uma planta aquática tropical cultivada em pântanos e lugares inundados ao longo de rios e lagos. É muito cultivada nas Filipinas e popular nas cozinhas chinesa, tailandesa, australiana, paquistanesa, indiana e filipina.

Na China, a castanha é, inclusive, oferecida como oferenda a Deus em rituais religiosos. Tem um sabor adocicado e textura crocante, podendo ser consumida crua ou cozida, além de ser ingrediente em pratos como o chop suey, prato da culinária chinesa que leva carnes cozidas com legumes e molho enriquecido com amido.

Da família das ciperáceas, a planta tem caules verdes em forma de tubos que crescem normalmente até 1,5 metros. Mais de dois terços da planta permanece submersa enquanto as folhas superiores permanecem flutuando na água. Suas flores são pequenas e aparecem no verão.

A parte comestível é o tubérculo, que tem formato globuloso triangular revestido de uma casca espessa que é removida após cortada em duas partes ou fervida para tornar o revestimento mais macio. A castanha-d’água-chinesa leva cerca de 220 dias para amadurecer e desenvolve-se no final do verão.

A castanha d’água chinesa, water chestnut ou Chinese water chestnut, é um vegetal que existe em todo o planeta, principalmente em regiões temperadas. Mesmo sendo sazonal, na Austrália, por exemplo, eles são colhidos entre maio e junho. A castanha d’água pode ser encontrada enlatada o ano inteiro sem perder sua “crocância”.

Nutritivas, de baixa caloria e livre de gorduras, as castanhas da água são uma ótima opção de alimento saudável para se incluir na dieta. Se a dúvida é onde comprar castanha d’água, elas são encontradas em lojas de produtos orientais cruas e enlatadas. Embora enlatadas seja mais prático, as castanhas frescas contêm quase o dobro da quantidade de potássio, zinco, vitamina B e vitamina E, podendo assim aproveitar o máximo dos benefícios da castanha da água.

Propriedades da castanha da água

A castanha da água, também conhecida como Singhara, é um vegetal rico em vitaminas e minerais que são benéficos para a saúde e pode ser acrescentada no cardápio, seja cru, cozida ou como ingrediente de pratos. Quando seca, cerca de 90% do seu peso é de carboidrato, principalmente amido. Contém ainda fibras, vitamina B e E, e minerais como potássio, zinco e manganês.

Da castanha da água, também se faz a farinha que, pela quantidade de amido, é usada para empanar carnes e hortaliças, engrossar sopas, cozidos, molhos e caldos. Para isso, deve ser primeiramente misturada com água fria afim de evitar a formação de grumos. Pode ser usada ainda para a fabricação de pães. Sua farinha, assim como a semente, tem coloração branca e sabor suave levemente adocicado.

Como é um alimento de origem chinesa e muito utilizado em pratos da cozinha oriental, estes se beneficiam das suas propriedades como melhora do sistema circulatório, suas propriedades antioxidantes e desintoxicantes, entre outros que iremos ver a seguir:

  • Benéfica para o coração: A castanha da água é rica em potássio, mineral que ajuda a manter os níveis da pressão sanguínea e os batimentos do coração. O potássio, como controla os níveis de sódio no corpo, reduz a retenção de líquido e reduz a pressão arterial. As fibras insolúveis e solúveis presentes auxiliam no controle do colesterol fazendo com que menos gordura se acumule na parede dos vasos sanguíneos.
  • Tem propriedades desintoxicantes: a castanha de água tem propriedades de tônico e auxilia na remoção das toxinas do corpo. Por causa de suas propriedades desintoxicantes, ela pode ajudar no tratamento da icterícia, auxiliando o fígado na eliminação da toxina.
  • Benéfica para tratar a tireoide: a castanha da água é rica em manganês, este, junto com o iodo, ajuda a melhorar as funções da glândula tireoide.  
  • Benéfico no combate à diabetes: a castanha d’água não possui gordura, nem glúten, zero colesterol e tem fibras solúveis e insolúveis, além disso ajuda na secreção de insulina e no controle dos níveis de glicose no sangue.
  • Possui propriedades antioxidantes: sendo rica em substâncias antioxidantes, a castanha da água combate os radicais livres e ajuda a fortalecer o organismo e prevenir doenças.
  • Benéfica para os cabelos a para a pele: pela presença de nutrientes como potássio, zinco, vitaminas B e E, e suas propriedades desintoxicantes e antioxidantes, o consumo da castanha da água remove as toxinas do corpo que podem danificar a pele e o cabelo, o resultado é uma pele e cabelos mais saudáveis e bonitos.
  • Benéfico para o sistema digestivo: as castanhas da água possuem fibras que melhoram o trânsito intestinal, promovem a eliminação de toxinas, melhoram a absorção de nutrientes e controlam o inchaço. Os extratos da planta são usados na medicina popular para casos de náusea e indigestão, e o pó da castanha para intestinos e para remover calor interno. O suco da castanha da água é benéfico para o fígado.

Além desses, a castanha da água ainda é usada para estimular o apetite de crianças e adultos, combater a anemia, dar energia e ajudar a tratar a hipertensão durante a gravidez. Seu uso popular contempla ainda casos de sarampo, em que os pacientes tomam a bebida feita desse vegetal.

O pó da castanha misturada com água ou qualquer suco é eficaz para aliviar a tosse, e quando misturada com limão e aplicada na pele, ajuda a curar eczemas. Ainda aplicada, a pasta feita das cascas em pó da Castanha da Água alivia inchaços.

Castanha de água onde comprar

A castanha de água é de origem chinesa, cultivada em arrozais inundados, é muito usada na culinária de países asiáticos. No brasil, apesar de mais difícil, pode ser encontrada em lojas e mercearias de produtos orientais crua ou enlatada. Enlatada é mais comumente encontrada, já que essa planta é sazonal.

A castanha da água pode ser consumida crua ou cozida e está presente em diversos pratos da culinária asiática. Na Tailândia, por exemplo, é comum o Thab Thim Crob, sobremesa de castanhas da água com leite de coco. Na culinária chinesa também está presente, principalmente no chop suey.