Benefícios do Iogurte para a saúde

O iogurte é um produto do resultado da fermentação do leite, no qual o açúcar contido nele é transformado em ácido láctico pela digestão de bactérias. Este produto é um líquido espesso, branco e levemente ácido, rico em nutrientes. Este alimento super nutritivo teve origem nos Balcãs há milhares de anos. Contudo, sua comercialização somente começou a ocorrer a partir de 1908.

benefícios do iogurte

Existem diversas variedades de iogurte. As mais comuns são as misturadas com frutas, chocolates ou somente adocicadas. Também existem sabores exóticos como churros e cookies.

A produção do iogurte ocorre porque lactobacilos presentes no leite executam a função láctica, no qual o açúcar do leite (lactose) é parcialmente consumido pelas bactérias, resultando em um produto fermentado ácido. O aumento da acidez (diminuição do pH), causa a coagulação da proteína do leite, formando coalhos que são utilizados na fabricação de queijos e iogurtes.

Benefícios do iogurte

As propriedades do iogurte são muitas para o corpo. Como é um alimento rico em bactérias benéficas para o corpo, ajuda a regular diversas funções básicas para a saúde. Esse superalimento auxilia a regular diversas funções do corpo, pois os lactobacilos contidos nele funcionam como verdadeiros soldados recompondo a flora intestinal e expulsando bactérias maléficas para o corpo.

Além de expulsar bactérias ruins, ele ainda auxilia a recuperar o intestino, aumentando a absorção de micronutrientes. Essa maior ingestão de nutrientes aumenta a imunidade, fortalecendo o corpo contra várias doenças.

Ademais, como o iogurte é um alimento pré-digerido pelas bactérias, possui fácil digestão. Sendo um excelente alimento para pessoas com problemas gastrointestinais. Veremos agora para que serve o iogurte em nossa saúde.

  1. Fortalece os ossos: O leite possui muito cálcio, por conseguinte, o iogurte também possui muito deste mineral. Cada 100 gramas desse produto existem aproximadamente 121mg de cálcio. O cálcio, devidamente regulado, ajuda a prevenir osteoporose, evitando a perda de massa óssea. Também é muito importante para o crescimento das crianças.
  2. Fonte de vitamina do complexo B: As vitaminas do complexo B são importantíssimas para manter a saúde muscular e na regulação do metabolismo corporal. Elas também auxiliam a evitar a depressão, a ansiedade e a fadiga.
  3. Protege o sistema nervoso: O cálcio também auxilia nas contrações musculares e na comunicação com o sistema nervoso. Dessa maneira, melhora a função cognitiva do cérebro e geram mais impulsos, fortalecendo o sistema nervoso.
  4. Promove o bem-estar: O leite possui muitos lactobacilos responsáveis pelo bom funcionamento do intestino. Este órgão é responsável por 95% de toda produção de serotonina do corpo. A serotonina é o hormônio responsável pela felicidade. Se o intestino está doente ou com dificuldades, este hormônio não é produzido corretamente e a pessoa começa a se sentir mais triste. Dessa maneira, o iogurte, por promover a saúde intestinal, acaba gerando o bem-estar.
  5. Melhora o trânsito intestinal: Esses mesmos lactobacilos são responsáveis por estimular o intestino a trabalhar corretamente, melhorando os movimentos peristálticos, promovendo o melhor trânsito intestinal.
  6. Fonte de proteína: O iogurte possui muita proteína, sendo um alimento perfeito para manter a musculatura do corpo saudável. A proteína também é responsável por regular os hormônios do corpo e aumentar a imunidade.
  7. Auxilia no emagrecimento: Como é um alimento saudável, auxilia no bom funcionamento do corpo, ajuda a queimar gorduras e promove a perda de peso.

Malefícios do iogurte

O iogurte em si é um alimento muito saudável, causando malefícios somente para pessoas que possuem alergias ou intolerâncias a ele. Contudo, a maioria dos iogurtes comercializados são ultraprocessados, possuindo grandes quantidades de açúcar e corante.

A quantidade de açúcar em alguns alimentos é tão grande que chega a ultrapassar as quantidades que existem em refrigerantes. O iogurte natural, em média, possui 5g de açúcar a cada 100g de produto, entretanto, os iogurtes de frutas ou infantis possuem em média 13g para cada 100g de produto. O açúcar não é um alimento muito saudável e é responsável pelo aumento de alguns quilinhos na balança. Por este motivo, deve-se cuidar muito na quantidade de seu consumo.

Tabela nutricional do iogurte

A cada 100g desse produto existe em média 51 kcal, sendo 1,9g de carboidratos; 4,1g de proteínas; 1,8g de gordura saturada; 0,9 de gordura monoinsaturada e 0,1g de gordura poli-insaturada. Este alimento também possui 143,1mg de cálcio; 22ug de vitamina A; 0,9mg de vitamina C; 11,3mg de magnésio; 13,8mg de colesterol; 119mg de fósforo; 71,3mg de potássio; 0,4mg de zinco; 0,2mg de riboflavina e 51,6mg de sódio.

Tipos de iogurte

Existem diversos tipos de iogurte, os mais comuns são feitos à base de leite. Contudo, existem aqueles feitos à base de plantas, como os iogurtes de soja. A diferença entre os iogurtes se deve a presença de mais ou menos açúcar, gorduras ou outros aditivos como os probióticos. Agora falaremos um pouco sobre os diferentes tipos de iogurte e suas diferenças.

  1. Iogurte natural: Este iogurte é obtido a partir da fermentação de bactérias como a Streptococcus thermophilus e lactobacillus bulgaricus, sem adição de mais nenhum ingrediente. Esta variedade pode ser integral ou desnatada, dependendo do produto de origem.
  2. Iogurte líquido: Este iogurte é o natural com a adição do soro do iogurte. Além dessa adição, ele também é batido mecanicamente para perder os coágulos de proteína. O resultado é uma bebida líquida. Nesta variedade, é comum acrescentar-se frutas e açúcar.
  3. Iogurte grego: Esta variedade é uma forma de iogurte natural, contudo mais concentrada. Para a fabricação deste, drena-se mais o soro do leite, formando um alimento mais pastoso que o iogurte natural.
  4. Iogurte Skyr: Ele é semelhante ao iogurte grego, mas leva o dobro de leite, resultando um cremoso iogurte. Este tipo de iogurte teve origem na Islândia.
  5. Iogurte Kefir: Este iogurte é o resultado da fermentação do leite com grãos de Kefir.
  6. Iogurte com probióticos: São iogurtes fermentados por bactérias do tipo Streptococcus thermophilus e lactobacillus bulgaricus com adição de outros probióticos benéficos para o corpo.
  7. Iogurte desnatado: É a versão resultante da fermentação do leite desnatado. Possui menos gordura que o iogurte natural.
  8. Iogurte diet: Este tipo é mais líquido, não contém açúcar, contudo possui mais gordura.
  9. Iogurte sem lactose: É o iogurte normal na versão para pessoas com intolerância a lactose.

Como fazer iogurte

Para se fabricar iogurte é muito simples. Pode-se utilizar a enzima ou mesmo um pote de iogurte natural já pronto. Hoje ensinaremos uma receita com iogurte natural pronto sem açúcar. Esta receita leva apenas 2 ingredientes e é muito fácil de se fazer.

Ingredientes:

  • 1 Litro de integral tipo A e
  • 1 Pote de iogurte natural sem açúcar (170g)

Modo de preparo:

  1. Esquente o leite, sem deixá-lo fervê-lo;
  2. Misture o pote de iogurte natural ao leite morno e deixe descansar por 12 a 24 horas (o iogurte natural deve estar em temperatura ambiente);
  3. Por vezes, mexa para observar a consistência;
  4. Após adquirir a consistência desejada coloque na geladeira;
  5. Quando estiver gelado poder servir acompanhado de frutas, granola ou qualquer outro ingrediente que desejar.

Receitas com iogurte

Existem inúmeras receitas que levam iogurte. As mais famosas são relacionadas aos doces. Seus usos mais comuns são em receitas de sorvetes, bolos, tortas e pavês. O iogurte também pode ser utilizado em receitas salgadas, sendo a base de muitos molhos frios para saladas e em molhos quentes. O iogurte também pode ser consumido in natura com granolas ou passado no pão.