Benefícios da Rosa Branca para a saúde

A origem da rosa como conhecemos está na Ásia, mais precisamente na China há 5 mil anos. Porém, há registros de fósseis com mais de 35 milhões de anos.

Uma das flores mais populares do mundo, a rosa é associada ao amor. De Vênus (deusa romana do amor e da beleza), a música “As Rosas Não Falam”, do mestre Cartola, são muitas as citações da flor na música e literatura. Mas, a flor possui outros simbolismos expressados pelas cores, confira:

  • Branca: paz, humildade;
  • Champagne: admiração;
  • Tons pálidos: fraternidade, amizade, fidelidade;
  • Rosa claro: simpatia;
  • Rosa escuro: gratidão;
  • Vermelha: paixão, amor;
  • Amarela: alegria;
  • Lilás: respeito.

A poetisa grega Safo elegeu a rosa como a “rainha das flores”. Seus compatriotas usavam a flor na decoração, nos banhos de imersão e para afastar o cansaço. Egípcios, babilônios e assírios também apreciavam a beleza e aroma da flor. A rosa também foi alvo de admiração da nobreza. A coleção da Imperatriz Josefina tinha no Chateu de Malmaison, seu jardim particular foi a maior da Europa, terminando em 1814 com sua morte.

Espécies de rosas

Existem cerca de 126 tipos. As espécies Rosa gigantea e Rosa chinensis surgiram na China no século XVIII. Mas, a espécie rosa (Rosa x grandiflora) pertencente à família Rosaceae é tida como a mais importante. Todas as espécies da família Rosaceae apresentam perfume e sabor marcantes. Conheça as características dos tipos de rosas.

  1. Rosa chinensis

Da família Rosaceae, a Rosa chinensis também é conhecida como mini rosa e mini roseira. Mede entre 20 a 40 cm de altura. O cultivo é em vaso ou canteiro, desde que seja em clima tropical. A floração ocorre principalmente na primavera e no verão. Suas flores podem ser rosadas, vermelhas, amarelas ou brancas.

  • Rosa x grandiflora

Também da Rosaceae, a Rosa x grandiflora tem origem asiática. Mede até 1,5 metros e a floração ocorre o ano todo. As flores são grandes e desenvolvem-se melhor em climas amenos, mas suporta o sol. Espécie oriunda de cruzamentos entre vários tipos. É o tipo de rosa mais vendida.

  • Arbustivas

Da família Rosaceae, a rosa arbustiva tem pétalas grandes e o arbusto mede até 2 metros. Prefere o clima temperado, mas adapta-se a todos os climas. A floração ocorre o ano todo, desde que receba 6 horas diárias de sol e receba adubação com farinha de osso.

  • Trepadeiras

Arbusto da família Rosaceae, essa espécie embeleza muros, paredes e pórticos. Precisa ser amarrada para ficar igual a uma trepadeira. Desenvolve-se em todos tipos de clima e precisa de solo rico em matéria orgânica.

Como cultivar rosas?

As roseiras resistem aos extremos climáticos. Os requisitos para o cultivo não diferenciam das demais flores. O plantio de rosas pode ser por sementes, precisam de no mínimo de 6 horas diárias de sol, temperatura entre 25º e 30º, solo argilo-arenosos, bem drenados, profundos e com pH entre 6 e 6,5.

Para medir o pH compre kits de medição de pH em lojas especializadas em jardinagem. Deve ser plantada em cova de 30 x 30 com 35 ou 40 cm de profundidade. Não se proliferam em terra excessivamente úmida e precisa ser adubada com 15 ou 20 litros de esterco.

Propriedades da rosa branca à saúde

Os gregos usavam rosas para combater o cansaço físico e mental. Para Medicina Ayurvédica, a flor melhora o funcionamento do coração e sistema nervoso. Ainda de acordo com ela, comer pétalas frescas aumentam o desejo sexual. Embora todas as colorações apresentem qualidades, a rosa branca (Rosa Alba L.) apresenta mais propriedades medicinas. O chá de rosa branca é a melhor forma para aproveitá-las. Se você adora chás, confira o que a bebida faz pela saúde.

  • Limpeza da pele

Deixar a pele bonita é um dos benefícios do chá de rosa branca. Essa propriedade explica-se pelos antioxidantes vitamina A e vitamina E. Eles eliminam os radicais livres que aceleram o envelhecimento da pele. Lavar o rosto todos os dias com esse chá hidrata, evita alergias, tonifica e protege a pele do sol. Para fazer o chá de rosa branca, coloque 20 pétalas em água fervente e use quando estiver frio.

  • Hidrata os lábios

O chá de rosa branca seca com mel deixa os lábios mais hidratados, principalmente no inverno. Prepare como explicado acima e adicione 3 colheres de sopa de mel. Aplique nos lábios à noite, pois, assim, a pele absorve mais as propriedades da rosa. Faça diariamente até notar a hidratação dos lábios.

  • Fortalece o sistema imunológico

As pétalas cruas são ricas em vitamina C, polifenóis e antioxidantes como o ácido gálico. Essas substâncias são alguns dos mais poderosos antioxidantes. Com sua presença, o organismo fica livre dos radicais livres. A limpeza promovida pela vitamina C evita doenças ósseas, cardiovasculares, degenerativas e o câncer.

  • Ameniza cólicas menstruais

Beber o chá de rosa branca por 6 meses reduz a incidência e intensidade das cólicas. A bebida também ameniza as oscilações de humor da TPM.

  • Ajuda a tratar corrimento

Alguns corrimentos são normais, porém, outros são inflamações provocadas por bactérias e fungos. A candidíase, causada por antibióticos, estresse e diabetes que alteram o fungo cândida é um dos corrimentos mais comuns. O chá de rosa branca para corrimento é eficiente, devido à sua ação anti-inflamatória. Para isso, coloque o chá em uma bacia esterilizada e deixe a vagina em contato por até 20 minutos. Mas é sempre bom conversar com o médico antes dessa lavagem vaginal.

  • Auxilia no tratamento de inflamações uterinas

O chá de rosa branca para inflamação no útero é uma alternativa natural e segura para tratar o problema. Mesmo sem contraindicações, a mulher deve consultar um ginecologista antes de consumir o chá. Com o sinal verde, bastam 3 doses diárias da bebida.

  • Chá de rosa branca ajuda a engravidar

Antes de engravidar, é preciso fazer exames para investigar possíveis problemas de fertilidade do casal. Caso esteja tudo OK, o chá de rosa branca limpa o útero, dando uma forcinha extra para a gravidez.

  • Alivia sintomas de infecção urinária

Ataca qualquer órgão do sistema urinário (bexiga, uretra, ureteres e rins), causando dores nas costas, febre e vômitos. O chá de rosa branca para infecção urinária é eficiente, entretanto, não dispensa o uso de antibióticos. A bebida deve ser consumida apenas com aprovação médica.

  • Emagrece

O chá de rosa branca emagrece, pois é um diurético. Tal característica facilita a liberação de toxinas pelo fígado e vesícula pela urina. O acúmulo de líquidos no organismo causa inchaço abdominal e celulite. Além do mais, o chá ainda estimula o crescimento de bactérias boas do intestino, fato que também ajuda no emagrecimento.

  • Melhora irritações oculares

A última propriedade do chá de rosa branca é amenizar conjuntivites e outras alergias. Faça compressas a cada 2 horas com o chá de 10 pétalas brancas. Não custa lembrar que é preciso autorização médica para esse tratamento.

Receitas com rosas

Além do chá, dá para fazer doces deliciosos com a flor. Confira 4 receitas deliciosas com rosas e surpreenda-se.

Geleia de rosas

Ingredientes

  • 2 xícaras de pétalas rosas, vermelhas ou amarelas;
  • Suco de um limão;
  • 2 xícaras de chá de água;
  • 2 xícaras de chá de açúcar.

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em uma panela. Mexa continuadamente para não grudar. A geleia estará pronta quando ficar grossa. Espere esfriar, coloque a geleia em potes de vidro e guarde na geladeira.

Bolo de pétalas de rosas

Ingredientes

  • 2 xícaras de pétalas de rosas, uma branca e a outra branca;
  • 2 colheres de sopa de raspas de limão;
  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó;
  • 4 ovos;
  • 4 colheres de sopa de manteiga;
  • 1 lata de creme de leite;
  • 2 xícaras de açúcar.

Modo de preparo

Separe as gemas das claras. Coloque as claras na tigela pequena da batedeira e as gemas na maior. Bata as claras com uma pitada de sal. Bata as gemas com açúcar e a manteiga até obter uma pasta. Adicione a farinha e o creme de leite e bata mais um pouco. Junte as claras na mistura das gemas e bata com as mãos. Coloque as raspas e as pétalas e mexa devagar até incorporá-las. Transfira para uma forma com buraco no meio untada com manteiga e enfarinhada. Asse por 30 minutos em forno brando.

Muhalbiyah (pudim árabe)

Ingredientes

  • ½ xícaras de água de rosas;
  • 5 colheres de sopa de amido de milho;
  • ½ xícara de açúcar;
  • ½ xícara de leite em pó;
  • 3 ½ xícaras de água.

Modo de preparo

Primeiro, faça a água de rosas. Para isso, coloque uma xícara de pétalas e uma xícara de água fervente em um pote de vidro. Coloque um prato sobre o pote e, após 30 minutos, transfira o líquido para uma jarra.

Coloque a água e os demais ingredientes em uma panela. Mexa com uma colher de pau até obter massa homogênea. Quando ferver, cozinhe por 2 minutos. Quando esfriar, coloque o creme em 8 taças, leve à geladeira e deixe por 2 horas.

Brigadeiro de água de rosas

Ingredientes

  • 1 colher de chá de água de rosas;
  • 50 gramas de chocolate branco;
  • 1 lata de leite condensado;
  • 50 ml de creme de leite;
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal;
  • 1 gota de corante culinário rosa.

Modo de preparo

Misture os ingredientes em uma panela até obter ponto de brigadeiro. Transfira para um recipiente untado com manteiga. Molde os brigadeiros e passe-os em chocolate granulado colorido.

Os benefícios das pétalas de rosa são pouco divulgados. No máximo, algumas pessoas sabem que dá para comer as pétalas. Procure incluir as rosas em sua alimentação! Coma as pétalas, beba o chá e use a água de rosas em suas receitas.

O que achou das propriedades das pétalas de rosa? Deixe sua opinião e delicie-se com o aroma e sabor das curiosidades sobre alimentação saudável.