Benefícios da Pimenta Dedo-de-Moça

As pimentas dedo-de-moça são os frutos da planta de pimenta com nome científico Capsicum, conhecida pelo seu sabor quente.

Benefícios da Pimenta Dedo-de-Moça

Elas são membros da família da palmeira, Solanaceae. Se relacionam com pimentões e tomates, e a maioria pertence a uma espécie conhecida cientificamente como Capsicum baccatum.

Existem muitas variedades de pimenta vermelha, como caiena e jalapenos.

As pimentas são usadas principalmente como especiarias, ou ingredientes menores em vários pratos, misturas de condimentos e molhos.

Elas geralmente são comidas cozidas, ou cruas e em pó, na forma de páprica.

A capsaicina é o principal composto de plantas bioativas (que causam ação sobre outros seres vivos) em pimentas dedo-de-moça, responsável pelo sabor picante único (quente) e muitos dos benefícios para sua saúde.

O creme da capsaicina está disponível em farmácias para aliviar a dor. Mas foi somente nos últimos 20 anos que entenderam a contradição de como algo que causa dor também pode aliviá-la.

Capsaicina se liga ao receptor de dor TRPV1 (Receptor de Potencial Transitório Vaniloide do Tipo 1), que o cérebro também usa para detectar mudanças de temperatura. É por esse motivo que as pimentas dedo-de-moça aparentam ser quentes.  

Mas depois de serem excessivamente estimulados, os neurônios deixam de responder, matando a dor. Este processo envolve a liberação de endorfinas, o que pode dar uma sensação não diferente de ter se exercitado bem. Isso pode explicar por que algumas pessoas acreditam que o alimento quente é viciante.

Benefícios da Pimenta Dedo-de-Moça

Pimenta dedo-de-moça é rica em compostos de plantas antioxidantes que foram associadas com vários benefícios para a saúde. O mais notável deles é a capsaicina, que é responsável pelo gosto picante (quente) das pimentas.

Apesar do seu sabor ardente, a pimenta dedo-de-moça tem sido considerada um tempero saudável.

  • Alívio da dor – A capsaicina, o principal composto de plantas bioativas em pimenta dedo-de-moça, tem algumas propriedades únicas. Ela se liga aos receptores da dor, que são as terminações nervosas que sentem o incomodo. Isso induz uma sensação de queimação, mas na verdade não causa ferimentos reais. Mesmo assim, o alto consumo de pimentas dedo-de-moça (ou capsaicina) pode prejudicar os receptores de dor ao longo do tempo, causando perda da sensibilização ao sabor ardente da pimenta. Ela também torna esses receptores de dor insensíveis a outras formas de dor, como a queimadura causada pelo refluxo ácido.
  • Perda de peso – A obesidade é uma condição de saúde grave que aumenta o risco de muitas doenças crônicas, como doenças cardíacas e diabetes. Há algumas evidências de que a capsaicina, um composto de plantas em pimentas dedo-de-moça, pode promover a perda de peso, reduzindo o apetite e aumentando a queima de gordura. Na verdade, estudos mostraram que 10gr de pimenta dedo-de-moça pode aumentar significativamente a queima de gordura em homens e mulheres. A capsaicina também pode reduzir a ingestão de calorias.
  • Fonte de vitaminas – Pimentas dedo-de-moça são excelentes fontes de vitamina, A, B, C e E com minerais como molibdênio, manganês, folato, potássio, tiamina e cobre. Essa pimenta contém 7x mais vitamina C do que a laranja. Desde a sua descoberta na Índia em 1498, a pimenta dedo-de-moça foi incluída nos medicamentos ayurvédicos e utilizada em tônicos para prevenir muitas doenças. Além disso, ajuda a limpar os pulmões e estimula o sistema digestivo.
  • Possuem antioxidantes – A pimenta dedo-de-moça possui vitamina C e vitamina A contendo beta-carotenoides que são poderosos antioxidantes. Esses antioxidantes destroem os radicais livres. Normalmente, esses radicais podem viajar no corpo e causar grandes danos às células. Podem prejudicar os vasos sanguíneos e a diabetes. Os antioxidantes presentes na pimenta dedo-de-moça eliminam os radicais livres que podem acumular colesterol, causando doenças cardíacas, como a aterosclerose, entre outras enfermidades como cataratas e artrite, osteoartrite e artrite reumatoide. 
  • Desintoxicantes – As pimentas dedo-de-moça atuam como desintoxicantes, pois removem resíduos do nosso corpo e aumentam a quantidade de nutrientes para os tecidos. Também agem como desintoxicantes gastrointestinais ajudando na digestão de alimentos.
  • Assassinas da dor – Pimenta dedo-de-moça estimula a liberação de endorfinas que são analgésicos naturais. Ela alivia a dor causada por telhas (Herpes Zoster), bursite, neuropatia diabética e espasmo muscular nos ombros e extremidades. Também ajuda a aliviar as dores artríticas nas pontas.
  • Antibiótico – Pimenta dedo-de-moça traz sangue fresco para o local da infecção. O sangue fresco luta contra a infecção. Os glóbulos brancos e leucócitos presentes no sangue fresco combatem os vírus.
  • Aciona o cérebro – A capsaicina estimula o cérebro a eliminar a endorfina e dá uma sensação de prazer quando ingerida. Esta é a razão pela qual as pessoas ficam viciadas em pimenta.

  • Previne o câncer – Observou-se que a vitamina C, o betacaroteno e o ácido fólico encontrados na pimenta dedo-de-moça reduzem o risco de câncer de cólon. Pimentas, como a pimenta dedo-de-moça, têm licopeno carotenoide, o que evita doenças cancerígenas.
  • Ataque cardíaco – Pimenta dedo-de-moça têm vitamina B6 e ácido fólico. A vitamina B reduz o alto nível de homocisteína. Os altos níveis de homocisteína demonstraram causar danos aos vasos sanguíneos e estão associados a um risco aumentado de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. Também converte a homocisteína em outras moléculas, o que é benéfico para reduzir o nível de colesterol.
  • Doença pulmonar – As pimentas dedo-de-moça aliviam a congestão nasal aumentando o metabolismo. Também dilatam a via aérea dos pulmões, o que reduz a asma e a sibilância. Elas aliviam o congestionamento crônico em pessoas que bebem muito. A fumaça de cigarro contém benzo pireno que destrói a vitamina A no corpo. A vitamina A na pimenta reduz a inflamação dos pulmões e o enfisema causado pelo tabagismo. 

Propriedades da Pimenta Dedo-de-Moça

As pimentas dedo-de-moça estão disponíveis durante o ano todo. Elas são vagens da planta pertencente à família das palmeiras (Solanaceae), do gênero Capsicum.

Nome científico: Capsicum baccatum.Alguns outros membros comuns da família Solanaceae são o tomate, berinjela, batata, entre outros.

Podem ser de variadas cores como verde, laranja, roxa e amarela.

Existem centenas de tipos diferentes de pimentas que variam em tamanho, forma, cor, sabor e “calor”. A planta da pimenta dedo-de-moça é um arbusto pequeno e perene com uma haste lenhosa, crescendo até um metro de altura. 

No interior, todas as vagens da pimenta, que medem de 8 a 10 cm de comprimento, possuem numerosas sementes planas, pequenas, brancas ou de cor creme, que se apegam à placenta branca central.

As pimentas dedo-de-moça foram cultivadas nas regiões da América Central e do Sul há mais de sete mil anos, primeiro como um item decorativo e depois como alimento e medicina.

Cristóvão Colombo encontrou-as em suas explorações das Ilhas do Caribe e as levou para Europa.

O explorador Fernão de Magalhães é creditado com a introdução de pimentas dedo-de-moça na África e na Ásia, continentes que desde então incorporaram em suas cozinhas e farmacopeias. As pimentas dedo-de-moça agora são cultivadas em todos os continentes, no entanto, a China, a Turquia, a Nigéria, a Espanha e o México estão entre os maiores produtores comerciais.

Fatores Nutricionais:

As pimentas frescas são principalmente constituídas por água (88%) e carboidratos (9%). Desse modo, 100gr de pimenta dedo-de-moça contêm:

  • 40 calorias;
  • 88% de água;
  • 1,9g de proteína;
  • 8,8g de carboidratos;
  • 5,3g de açúcar;
  • 1,5g de fibra;
  • 0,4g de gordura;
  • 0,04 de saturados;
  • 0,02g de monoinsaturados;
  • 0,24 de poli-insaturados;
  • 0,01g de Ômega-3;
  • 0,23g de Ômega-6;
  • 0 de gordura trans;

Cultivo da Pimenta Dedo-de-Moça

Pimenta dedo-de-moça arde, mas é utilizada principalmente para produzir molhos, temperos, fazer geleia ou deixar em conserva.

Para plantar pimenta dedo-de-moça você deve:

  • Deixar o solo fértil, macio e aguado;
  • Assegurar 6 horas de sol direto ou não sob a planta;
  • Adquirir boas mudas, para que a germinação ocorra de 15 a 20 dias após o plantio;
  • Plantar num vaso com cuidado para não ferir as raízes, irrigando frequentemente, porém evitando que encharque;
  • É indicado um transplantio em épocas quentes do ano.

Como usar Pimenta Dedo-de-Moça

Escolha pimentas frescas que tenham cores vivas, intensas e cascas lustrosas, firmes e tensas. Suas hastes devem parecer resistentes e frescas. Pimentas dedo-de-moça não devem ter nenhuma fissura perto da extremidade do caule. Evite aquelas que estão enrugadas ou têm áreas suaves com manchas pretas.

Ao comprar pimentas secas, procure por aquelas que ainda estão vivas. Se elas perderam a cor, também é provável que tiveram seu sabor danificado.

A partir disso, você terá uma ótima matéria-prima para fazer uma geleia de pimenta dedo-de-moça ou manter em conserva.

Para isso, você precisará de:

  • 200g de pimenta dedo-de-moça
  • 200ml de azeite
  • 400ml de água

Tire os cabos e corte as pimentas em rodelas. Ponha água para ferver, colocando depois as pimentas dedo-de-moça numa bacia e despejando a água fervente sobre elas. Deixe por 15 minutos, escorrendo e secando-as numa peneira se for necessário.

Em um recipiente limpo, derrame as pimentas, cobrindo com o azeite até a borda. Tampe o pote e deixe na geladeira. A duração é de meses e você já tem o resultado picante no dia seguinte.  

Para a geleia, reserve:

  • 2 copos de pimenta dedo-de-moça, sem sementes e picadas
  • 1 copo de água
  • 1 copo de açúcar
  • Suco de 1 limão

Bata a pimenta e a água no liquidificador. Ponha em uma panela, junte o açúcar e o suco do limão. Coloque no fogo e deixe ferver, até que a mistura se desgrude dos lados da panela e permita ver o fundo da panela. Guarde em vidros esterilizados.

Contra indicações da Pimenta Dedo-de-Moça

Como a maioria dos alimentos, as pimentas dedo-de-moça podem ter efeitos adversos em alguns indivíduos, e muitas pessoas não gostam do seu sabor ardente. Sendo assim, podem apresentar:

  • Sensação de queimadura – As pimentas dedo-de-moça são bem conhecidas pelo seu sabor quente e ardente. A substância responsável é a capsaicina, que se liga aos receptores da dor e causa uma intensa sensação de queimação.
  • Dor de estômago e diarreia – Comer pimenta dedo-de-moça pode causar incomodo intestinal em algumas pessoas. Os sintomas podem incluir dor abdominal, sensação de ardor no intestino, cólicas e diarreia dolorosa. Isso é mais comum em pessoas com síndrome do intestino irritável.
  • Risco de câncer – O câncer é uma doença grave caracterizada pelo crescimento anormal das células. Há evidências variadas sobre o efeito da pimenta sobre o câncer. Experimentos com tubo de ensaio e estudos em animais indicam que a capsaicina, um composto de planta em pimentas dedo-de-moça, pode aumentar ou diminuir o risco de câncer.