Benefícios do Alcaçuz para a saúde

Alcaçuz é uma planta pertencente à família Fabaceae. De nome científico Glycyrrhiza glabra, é originária da Europa e logo se espalhou pelo mundo. É utilizada para uso medicinal desde a Antiguidade, tendo relatos do seu uso pelos egípcios em seus papiros.

Benefícios do Alcaçuz para a saúde

Conhecida popularmente como raiz doce, pau doce ou regaliz, o alcaçuz possui raízes adocicadas com sabor e aroma agradável. Das suas raízes se extrai um xarope, rico em glicirrizina, sua propriedade medicinal pode ser usada na confeitaria, em medicamentos e até na produção de algumas cervejas.

É do xarope extraído de sua raiz que ainda se pode produzir alcaçuz doce, como gelatina e bala de alcaçuz, uma bala longa, nutritiva e saborosa. Além dela, existe a bala de alcaçuz preto, que embora pouco conhecida no Brasil, é muito consumida nos Estados Unidos.

A raiz do alcaçuz traz diversos benefícios e as propriedades do alcaçuz o tornaram uma planta medicinal cientificamente comprovada para diversos problemas, inclusive renais, hepáticos, desequilíbrios hormonais e úlceras. Se não bastasse isso, há evidencias de que o alcaçuz emagrece.

O uso do alcaçuz para fins de emagrecimento vem crescendo desde que foi descoberto que seu chá tem o poder de reduzir o apetite e a vontade de ingerir doces e comidas gordurosas. Quando aliado com uma boa alimentação e exercícios físicos, o alcaçuz potencializa a queima de gordura, tanto que o óleo de cápsulas de alcaçuz está sendo vendido para consumo antes das atividades físicas.

Como incluir o Alcaçuz na dieta

O alcaçuz pode ser convertido e consumido como chá, extrato seco, cápsula ou xarope para uso medicinal. Porém, para uso domiciliar, o chá da raiz é o mais consumido. Para quem se pergunta onde comprar alcaçuz, o alcaçuz preço bem acessível e a raiz seca é facilmente encontrada em casas de chás e de produtos naturais.

O chá de alcaçuz tem propriedades laxativas e, para seu preparo, as raízes devem estar cortadas em pedaços pequenos para extrair o máximo possível da glicirrizina contida na sua raiz. Cerca de 30g da raiz picada deve ser adicionada a um litro de água fervendo, deixando por mais 10 minutos e depois abafando. O chá coado deve ser consumido de duas a três xícaras ao dia, sendo uma pela manhã e as outras duas preferencialmente após as principais refeições.

Pode-se ainda consumir o extrato líquido do alcaçuz. Para isso, use 250g da raiz para um litro de água. Deixe as raízes imersas por aproximadamente três dias na água e, após esse período, consuma de duas a três colheres de sopa por dia.  Para uso culinário, tem o alcaçuz em pó que pode ser acrescentado ao suco, água, sobremesas, em frutas, água de coco e gelatinas. A folha in natura pode ser mascada com o intuito de combater mau hálito causados por problemas estomacais.

O xarope de alcaçuz, extraído das raízes, é mais utilizado em escala industrial para fabricação de alimentos e doces como balas de alcaçuz e também para fins medicinais, sendo encontrado em farmácias. Esse fitoterápico é indicado para crises alérgicas e respiratórias em crianças e adultos, para isso deve ser respeitada a dose indicada na embalagem.

Indicações e benefícios do Alcaçuz

O uso medicinal do alcaçuz abrange diversas propriedades que fazem bem ao sistema digestivo, rins, aparelho respiratório e até mesmo controle hormonal. Também é utilizado para tratamento da asma, bronquite, alergias, hepatite, diabetes, entre outros. Seu uso se estende para o mercado de cosméticos, onde age prevenindo e combatendo a hiperpigmentação e o envelhecimento da pele.

Suas propriedades hormonais, anti-inflamatórias, antialérgicas, protetora da mucosa gástrica, laxativa, anti-espasmódica, anti-hepatotóxicos, fazem do alcaçuz um importante aliado no combate a diversas doenças, tanto que seu uso como planta medicinal é reconhecido.

Por ser rico em flavonoides, a raiz do alcaçuz tem uma ação anti-inflamatória que é eficaz em diversas inflamações, até mesmo as de pele. São esses mesmo flavonoides que são os responsáveis pelo equilíbrio hormonal, fazendo com que o consumo de alcaçuz seja benéfico para pessoas que sofrem com distúrbios da tireoide e também para mulheres que sofrem de TPM, climatério e outros distúrbios menstruais.

Sua ação sobre o sistema digestivo se dá pela proteção gastrointestinal que ajuda na cicatrização de úlceras e gastrites de origem nervosa. No fígado, a planta auxilia no tratamento de hepatites do tipo, A, B e C, acelerando a recuperação do órgão. Auxilia também na redução da gordura no acumulada no fígado resultante da má alimentação ou propensão genética.

O alcaçuz ainda é benéfico para indivíduos que sofrem de colesterol alto e diabetes. A planta tem propriedades antioxidantes que auxiliam na prevenção de avc e câncer, além de reduzirem o colesterol ruim. Para os diabéticos, seus benefícios são ainda maiores, como o alcaçuz é adocicado, ele pode ser usado como um adoçante natural sem glicose. Seu chá tem propriedades diuréticas e uma substância contida na planta ajuda a diminuir os índices de glicose no sangue.

  • Protege o aparelho digestivo e trata úlceras estomacais: o chá de alcaçuz age como um emoliente e protege o revestimento do esôfago e estomago, evitando danos causados pelo suco gástrico. Por isso, a planta é usada tratar problemas digestivos, incluindo o refluxo ácido e úlceras estomacais. Pode ser benéfico também para aftas e úlceras na boca.
  • Benéfico para mulheres em período pós-menopausa: o chá de raiz de alcaçuz tem mostrado efeitos estrogênicos que é extremamente benéfico para mulheres pós-menopausa e pode inclusive proteger de doenças coronarianas.
  • Benéfico para tratar doenças hepáticas: o alcaçuz vem sendo utilizado para tratar diversas doenças hepáticas, inclusive hepatites. Essa planta desintoxica o fígado, reduz a gordura presente no órgão e aumenta sua regeneração.
  • Tem propriedades antidepressivas: o alcaçuz regula os hormônios e pode ser considerado um antidepressivo natural. A maior estabilidade e correto funcionamento das glândulas, faz com que haja um equilíbrio dos hormônios no corpo, resultado disso é um maior controle do estresse, da ansiedade, um humor mais elevado, afastando a depressão.
  • Auxilia no tratamento de gripes, resfriados e tosse: as propriedades anti-inflamatórias e expectorantes do alcaçuz tornam-se benéficas para o tratamento de gripes, resfriados, tosse, asma, outras alergias respiratórias. Seu chá aumenta a imunidade do corpo e desbloqueia as vias aéreas, limpa os pulmões e garante um alívio mais rápido dos sintomas.
  • Auxilia no tratamento da artrite: suas propriedades anti-inflamatórias auxiliam para a redução do inchaço e da dor causada pela artrite.
  • Reduz o colesterol e previne contra doenças cardíacas: o alcaçuz reduz o colesterol ruim e quanto menos colesterol, menor será a chance de se formarem as placas ligadas às paredes das artérias, o que chamamos de aterosclerose. Assim, o alcaçuz promove seu efeito protetor sobre o sistema cardiovascular.
  • Benéfico para quem tem pressão arterial baixa: em casos de hipotensão, ou pressão arterial baixa, os sintomas mais comuns são tonturas, fraqueza, baixa de energia, taquicardia, suores frios e sensação de desmaio. Nesses casos de queda da pressão, duas xícaras de chá de alcaçuz são suficientes para elevar a pressão no nível requerido.
  • Chá de alcaçuz combate infecções fúngicas: uma das infecções fúngicas que mais ocorrem em mulheres é a infecção vaginal causada pela Candida Albicans. Pesquisas relataram que o consumo do chá de alcaçuz seria benéfico e capaz de combater esse tipo de infecção.
  • Alcaçuz pode ser um substituto do açúcar: o alcaçuz é uma planta adocicada e extratos de sua raiz podem substituir o açúcar, o que é extremamente benéfico para indivíduos diabéticos onde o consumo de açúcar é vetado ou para aqueles em que buscam um substituto mais saudável para o açúcar.
  • Alcaçuz auxilia no combate aos sintomas pré-menstruais: sua ação anti-inflamatória, antiespasmódica, bem como suas propriedades estrogênicas aliviam os sintomas da TPM, como cólicas, alterações de humor e desejo por doces.
  • Benéfico para a saúde bucal: problemas bucais como gengivites e aftas podem ser tratados e prevenidos pelo consumo de chá de alcaçuz ou gargarejo, isso se dá pelas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas da planta.