Benefícios da Mandioca para a saúde

A mandioca é uma excelente fonte de carboidratos especiais, vitaminas e minerais. Por ser um alimento barato, resistente e nutritivo, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) vem incentivando sua produção e consumo pelo mundo afora, em especial em países em desenvolvimento.

A mandioca, cujo nome científico é Manihot esculenta, é conhecida por diferentes denominações, como macaxeira ou aipim, de acordo com a região do país. Batizado de a “rainha do Brasil”, a origem da mandioca vem possivelmente da região sudoeste da Amazônia. Por ser de fácil adaptação, se espalhou por toda a América e por mais de 100 países e é cultivada em todos os estados brasileiros.

benefícios da mandioca

O cultivo da mandioca está entre os oito primeiros produtos agrícolas do país, sendo o Brasil o segundo maior produtor do mundo. Ela pode ser consumida cozida, frita, em purê, tapioca, polvilho e farinha, sendo uma substituta da batata.

Quando comparada com a batata, a os benefícios da mandioca são que ela é mais barata e possui maior quantidade de vitaminas A, B1, B2 e C. Apesar de conter quase três vezes mais calorias que a mesma porção de batata, os carboidratos presentes na mandioca são liberados mais lentamente e por isso não geram picos de glicemia e prolongam a saciedade.

Benefícios da mandioca

As propriedades da mandioca podem ser explicadas pela sua excelente fonte de carboidratos, vitaminas do complexo B, vitamina C e minerais como magnésio, manganês, cobre, potássio. É fonte de fibras e isenta de glúten.

Apesar de ser uma fonte de energia, essa possui carboidratos complexos, a amilopectina e a amilose, que liberam a glicose lentamente para o corpo, evitando picos de glicose no sangue e mantendo a sensação de saciedade por mais tempo.

1.Ação anti-inflamatória

Os dois principais grupos responsáveis pela ação anti-inflamatória e analgésica da mandioca são os saponinos e polifenóis. Por essa propriedade, a mandioca pode ser útil no tratamento da artrite reumatoide.

2.Previne a Osteoporose

Os minerais Cálcio, Manganês, Cobre e Zinco, presentes na mandioca, ajudam a diminuir a perda de massa óssea, principalmente em mulheres na menopausa.

3.Ação antioxidante

A mandioca ou macaxeira, como também é chamada, possui resveratrol, um polifenol conhecido por suas propriedades antioxidantes. A vitamina C presente nessa raiz, além de fortalecer o sistema imunológico, também atua como um antioxidante, combatendo os radicais livres que podem danificar nossas células e causar alguns tipos de câncer.

4.Melhora a saúde da pele

A vitamina C ajuda a reduzir o aparecimento de rugas e combate o envelhecimento precoce da pele. Outra substancia presente na mandioca é o resveratrol que, segundo estudos, aumenta a resistência da pele frente aos danos causados pelo sol. Seu efeito junto com a ação antioxidante da vitamina C, ajuda a prevenir o câncer de pele.

5.Ideal para dietas sem glúten

Por ser livre de glúten, a mandioca é uma opção para portadores de doença celíaca ou alérgicos. Com seus derivados como a farinha e o polvilho, é possível que os celíacos ampliem seu cardápio.

6.Benéfica para o coração

A mandioca possui minerais importantes para a saúde do coração como o zinco, o magnésio, o cobre, o ferro, o manganês e o potássio, este, em especial, ajuda a controlar a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Como é também fonte de fibras, o consumo da mandioca ajuda a controlar os níveis de colesterol, promovendo assim a melhora do sistema circulatório como um todo.

7.Ajuda a perder peso

A mandioca possui carboidratos complexos que liberam glicose lentamente para nosso corpo, com isso não ocorrem os picos de glicose e insulina onde o excesso é armazenado na forma de gordura. Essa liberação lenta ainda faz com que não sintamos fome tão cedo.

Outro fator que auxilia na perda de peso é a quantidade de fibras presentes na mandioca, que além de prolongarem a sensação de saciedade, melhoram o funcionamento do intestino.

8.Benéfica para as grávidas

A mandioca possui ácido fólico, vitamina importante nas primeiras semanas de gestação para evitar malformações do feto.

A importância do cozimento da mandioca

A mandioca é legume, já que este é um termo genérico para os frutos, sementes ou as partes que se desenvolvem na terra comestíveis. Quando crua, a mandioca possui quantidades tóxicas de glicósidos cianogénicos, que se tornam inócuas, ou seja, torna-se segura para o consumo depois de cozida.

Essas substancias, os cianetos, estão presentes principalmente na casca da raiz e qualquer corte libera os ácidos, por isso, o consumo da mandioca crua pode causar envenenamento. Os sintomas são vômito, tontura, enjoo, dores no estômago e de cabeça. Lembramos novamente que isso pode acontecer caso a mandioca seja consumida crua. Quando cozida, no entanto, é totalmente segura e benéfica.

Receitas com mandioca

A mandioca pode ser usada no preparo de purês, assada na grelha, em saladas, pães, bolos, aperitivos e no famoso caldo de mandioca ou sopa de mandioca. São feitos ainda derivados da mandioca, como tapioca, polvilho e farinhas.

Um aperitivo muito apreciado pelos brasileiros é a mandioca frita. Uma opção mais saudável desse apetitivo é a mandioca assada no forno. Para isso, primeiro descasque a mandioca e cozinhe com bastante água até que esteja macia. Deixe esfriar, retire as fibras centrais e corte em pedaços pequenos. Em uma assadeira untada, coloque os pedaços da mandioca cozida e tempere a gosto. Adicione um pouco de manteiga ou azeite, cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 minutos. Remova o papel e asse por mais 15 minutos para ficar crocante.

Outro aperitivo comum é o bolinho de mandioca:

Bolinho de Mandioca com queijo

Ingredientes:

  • 1 kg de mandioca
  • 1 ovo
  • Sal a gosto
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 150 g de mussarela cortada em tirinhas
  • 2 ovos
  • 1 xícara (chá) de farinha de rosca (180 g)
  • Óleo para fritar

Modo de preparo:

Descasque a mandioca e corte-a em pedaços. Em uma panela com água suficiente, cozinhe-a até ficar macia. Escorra e amasse a mandioca cozida. Em seguida, misture bem com o ovo, o sal, a salsa e a farinha de trigo. Faça bolinhas com a massa, colocando dentro uma tirinha de queijo muçarela. Passe as bolinhas nos ovos batidos e depois na farinha de rosca e frite.

Um doce muito comum principalmente no Nordeste do Brasil é o Bolo de Mandioca ou Bolo de Aipim. Essa receita é simples e rápida e o bolo é perfeito para ser saboreado junto com um café.

Bolo de Aipim

Ingredientes

  • 1 e 1/2kg de aipim
  • 5 ovos
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de leite
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 vidro de leite de coco
  • 1 coco seco
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

Descasque a mandioca e deixe-a por alguns minutos sob a água corrente. Em seguida, rale a mandioca, faça o mesmo com o coco.

Misture todos os ingredientes em um recipiente fundo até obter uma massa homogênea, sendo que o último ingrediente que deve ser adicionado é o fermento em pó.

Despeje a massa do bolo em uma assadeira untada e leve ao forno médio (180ºC) pré-aquecido por aproximadamente 40 minutos.

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades da Batata-doce

Benefícios e Propriedades da Batata

Benefícios e Propriedades do Quiabo

Benefícios e Propriedades do Amendoim

Benefícios e Propriedades do Chuchu

Benefícios e Propriedades do Inhame

Benefícios e Propriedades do Feijão

Benefícios e Propriedades do Jiló